Tribuna Expresso

Perfil

Multimédia

Nove expulsões e muitas agressões: o “jogo da paz” não chegou ao fim

Aconteceu no Brasil

Partilhar

A batalha campal começou aos 79 minutos, com trocas de socos e pontapés entre atletas dos dois lados. O árbitro da partida acabou por mostrar sete cartões vermelhos.

Pouco depois, dois jogadores do Vitória forçaram a expulsão, a pedido do treinador, já que a equipa não poderia continuar a jogar com seis jogadores. O encontro entre as duas equipas brasileiras terminou antes dos 90 minutos.

Este era para ser uma espécie de "jogo da paz" entre os dois clubes, por ser o primeiro a receber adeptos das duas equipas, depois de, nos últimos seis jogos, ter sido apenas autorizada a presença de adeptos do clube da casa.