Tribuna Expresso

Perfil

Multimédia

PJ acredita que Vieira sabia do roubo de informação judicial

A Polícia Judiciária tem a convicção de que o presidente do Benfica estava a par do roubo de informação judicial sobre o caso dos e-mails. Ao que a SIC apurou, Paulo Gonçalves, assessor jurídico do clube detido por corrupção ativa na operação e-toupeira, mantinha Luís Filipe Vieira informado sobre as ofertas a funcionários judiciais

Partilhar