Tribuna Expresso

Perfil

vídeo

Rui Vitória recusa "poupanças" com o Tondela

O treinador do Benfica anunciou esta sexta-feira que o brasileiro Jonas está fora dos convocados para o jogo com o Tondela e descartou "poupanças" para o dérbi com o Sporting na ronda seguinte da I Liga de futebol

Partilhar

"Poupanças não é algo que faça parte da minha forma de pensar. Nunca sabemos qual o jogo decisivo, todos os jogos são importantes e amanhã jogarão os melhores. Temos, de facto, alguns jogadores com condicionantes e até alarguei a convocatória por isso", afirmou, esclarecendo logo à partida as dúvidas sobre o goleador dos 'encarnados': "Jonas não está convocado."

Na conferência de imprensa de antevisão do desafio da 32ª jornada do campeonato, o treinador dos tetracampeões assumiu que a lesão do melhor marcador da equipa, com 33 golos, está a levar mais tempo do que era inicialmente esperado e manifestou a sua crença na recuperação do avançado de 34 anos para o dérbi da próxima semana.

"Não vou esmiuçar o que o departamento médico diz, tem de haver alguma cautela. O Jonas não está ainda nas condições que entendemos para competir. Estou em crer que estará para a semana, mas também já tinha pensado isso antes. É uma lesão que se tem prolongado", referiu, acrescentando que o seu peso no conjunto "não é indiferente", apesar da confiança em Raúl Jiménez como alternativa.

A três jogos do final e com um atraso de dois pontos face ao líder FC Porto, o Benfica compete num limbo em que pode aspirar ao pentacampeonato ou ficar de fora do lote de equipas apuradas para a próxima edição da Liga dos Campeões, em virtude da proximidade de Sporting e Sporting de Braga.

Contudo, Rui Vitória refutou qualquer peso 'extra' por esta situação sobre a equipa.

"O que pesa é a preparação para o jogo de amanhã. Isso coloca-se a qualquer uma das outras equipas. Há quatro equipas na luta e só uma vai ser campeã. Só interessa o jogo de amanhã. Não pensamos em consequências do que pode acontecer. Há três pontos para conquistar, uma posição para subir na tabela e depois vemos", explicou.

Confrontado com o historial largamente positivo do Benfica diante do Tondela e que o seu homólogo Pepa manifestou vontade de conseguir finalmente contrariar, o técnico dos 'encarnados' deixou elogios aos beirões e confessou a sua expectativa por um jogo "complicado" no Estádio da Luz.

"O Tondela tem feito uma época fantástica, está com o objetivo praticamente alcançado a três jornadas do fim, pode jogar sem uma pressão castradora para somar pontos. Tem jogadores de qualidade, organiza-se bem defensivamente e vai com muito critério para o ataque. Temos de ser uma equipa muito consistente, personalizada e intensa. O Tondela torna-se um osso duro de roer", concluiu.

O Benfica, segundo classificado com 77 pontos, recebe este sábado, às 18:15, o Tondela, 10.º com 35, no Estádio da Luz, em jogo da 32.ª jornada da I Liga.