Tribuna Expresso

Perfil

vídeo

Os possíveis cenários para a saída de Jorge Jesus do Sporting

Se Bruno de Carvalho se mantiver na presidência do Sporting, a saída de Jorge Jesus está praticamente garantida. O treinador tem mais um ano de contrato - no valor de 7,8 milhões de euros - ao serviço dos leões. Há várias hipóteses em aberto

SIC Notícias

Partilhar

Se a equipa de Alvalade avançar com o despedimento por justa causa, o treinador terá que pagar na totalidade os 7,8 milhões de euros, que corresponde ao valor do último ano de contrato.

Mas se for a defesa de Jorge Jesus a provar a justa causa, será o Sporting a pagar esse valor em duodécimos.

Se entretanto Jesus assinar contrato por outro clube, o Sporting só terá de pagar a diferença no caso de vir a receber um salário inferior ao que ganhava em Alvalade. E se Jesus vier a receber um salário superior, os leões deixam de estar obrigados aos pagamentos.