Tribuna Expresso

Perfil

Mundial 2018

Putin pede “correção” e “delicadeza” às forças de segurança

O presidente da Rússia garante que tudo estará pronto a tempo

Lusa e Expresso

getty

Partilhar

O presidente russo, Vladimir Putin, assegurou esta quinta-feira ao presidente da FIFA, Gianni Infantino, que tudo está pronto para o Campeonato do Mundo, que vai ser disputado entre 14 de junho e 15 de julho, na Rússia.

"Os preparativos para o Mundial que o nosso país vai acolher estão praticamente terminados. A Rússia está pronta para o torneio", afirmou Putin, em Sochi, numa reunião do comité organizador da competição.

Quando faltam 42 dias para o início do Mundial'2018, Putin advertiu os dirigentes regionais a não deixar para a última hora a conclusão de infraestruturas, apelando às forças de segurança "correção" e "delicadeza".

"Há que recordar que o Mundial é uma grande festa para muitos milhares de adeptos de todo o mundo", frisou Putin, antes de, juntamente com Infantino, receber o passaporte do adepto (FAN ID), um documento obrigatório para aceder aos 12 estádios que vão receber jogos da competição