Tribuna Expresso

Perfil

Mundial 2018

Manuel Fernandes e a convocatória para o Mundial na Rússia, país onde joga: “Posso ajudar talvez como tradutor”

O médio admite que não mereceu ser convocado para o Euro 2016, mas tinha esperanças de estar no Mundial 2018: "Estar aqui acaba por ser um prémio da boa temporada que fiz"

Expresso e Lusa

Manuel Fernandes é um dos convocados para o Mundial 2018

FRANCISCO PARAÍSO/LUSA

Partilhar

O médio Manuel Fernandes afirmou hoje que, aos 32 anos, está a passar pelo melhor momento da carreira e confessou que sentiu uma "alegria muito grande" quando descobriu que vai representar Portugal no Mundial 2018 de futebol.

"Não tinha a certeza que iria ser convocado. Quando saiu o meu nome, de uma forma foi um peso que saiu de cima. Foi uma alegria muito grande", afirmou Manuel Fernandes em conferência de imprensa, na Cidade de Futebol, em Oeiras, minutos antes de novo treino da seleção nacional.

Campeão na Rússia pelo Lokomotiv de Moscovo, o médio confessou que, apesar de trintão, se sente "jovem" e que está melhor agora do que há "seis ou sete anos atrás", estando a passar "pelo melhor momento da carreira", explica.

"Estar aqui acaba por ser um prémio da boa temporada que fiz. Acho que, de certa forma, se fez justiça. Não merecia estar no Euro 2016, mas desta vez, tendo feito uma boa temporada, sabia que havia boas possibilidades de estar aqui", disse.

Manuel Fernandes, que tem 12 jogos e três golos pela seleção lusa, considerou que "há muita qualidade" nos jogadores a nível do meio campo e que o selecionador Fernando Santos vai ter uma escolha "difícil".

"Posso ocupar várias posições do meio campo e essa polivalência pode ser importante para a seleção", referiu o antigo jogador do Benfica.

Manuel Fernandes rejeitou ainda a ideia que poderá ter alguma vantagem sobre os restantes 22 convocados de Fernando Santos por atuar na Rússia, país que vai receber o próximo Campeonato do Mundo. "Posso ajudar talvez como tradutor. Não muito mais", brincou.

Portugal, ainda com muitas baixas, incluindo Cristiano Ronaldo, volta hoje a treinar na Cidade do Futebol e no dia 28 de maio, Portugal defronta a Tunísia, em Braga, no primeiro particular que serve de teste para o próximo Campeonato do Mundo.

A 9 de junho, após os particulares com a Bélgica (dia 2 em Bruxelas) e com a Argélia (dia 7 em Lisboa), a equipa lusa viaja para a Rússia, onde tem estreia marcada frente à Espanha, em 15 de junho, em Sochi.

Além dos espanhóis, Portugal defronta Marrocos a 20 de junho, em Moscovo, e o Irão, de Carlos Queiroz, a 25, em Saransk, nos restantes jogos do grupo B do Mundial2018, que termina em 15 de julho.