Tribuna Expresso

Perfil

Mundial 2018

Lopetegui despedido da seleção espanhola (a dois dias do jogo contra Portugal)

A dois dias do jogo com Portugal, a Espanha fica sem selecionador. O Real Madrid tinha anunciado terça-feira que Lopetegui irá ser o novo treinador da equipa e a federação espanhola não gostou

Tribuna Expresso

PIERRE-PHILIPPE MARCOU/ Getty Imges

Partilhar

Julen Lopetegui deixou de ser selecionador de Espanha. A decisão foi tomada esta quarta-feira, depois do treinador ter sido anunciado como o sucessor de Zidane à frente da equipa técnica do Real Madrid, na terça-feira.

"Lopetegui fez um trabalho impecável, mas há decisões que estamos obrigados a tomar. Há formas de atuar com as quais não podemos compactuar. É um momento complicado, mas vamos mexer o menos possível. Quando tivermos alguma coisa para comunicar, iremos fazê-lo", disse Luis Rubiales, presidente da Real Federação Espanhola de Futebol.

A decisão surge a dois dias da estreia no Mundial-2018, diante Portugal, e o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Rubiales, explicou que "foi obrigado a prescindir de Lopetegui para deixar uma mensagem clara aos profissionais da Federação", garantindo que em nenhum momento esteve a par dos contactos entre o treinador e o Real Madrid.

Lopetegui tinha renovado contrato com a federação espanhola, até 2020, há 23 dias, pelo que o anúncio do Real Madrid surgiu como uma enorme surpresa para o organismo que rege o futebol espanhol.

Julen Lopetegui somava 20 jogos com a seleção espanhola, divididos por 14 vitórias e seis empates.

O Mundial 2018 começa quinta-feira, na Rússia, mas a Espanha só jogará na sexta-feira, perante Portugal (19h, RTP1).