Tribuna Expresso

Perfil

Mundial 2018

Os suecos são os ases pelos ares

Uma coisa não precisa de ser bonita, atraente ou fascinante de ser vista para, se for bem feita muitas vezes, se tornar eficaz. A Suécia dos jogadores fortes e poderosos ganhou (1-0) à Suíça e o seu futebol direto e aéreo entre as duas áreas de um campo de futebol já colocou o país nos quartos de final do Mundial, 24 anos volvidos

Diogo Pombo

Foto MATTHEW ASHTON - AMA / GETTY IMAGES

Partilhar

Gosto de pensar que há muito, muito tempo, o futebol deixou-se evoluir por um estado verde, rasteiro e vegetativo, com tudo o que estas três coisas têm de abonador. Vendo bem as coisas, se os inventores do futebol e responsáveis por estar aqui alguém a escrever e vocês a lerem, optaram por uma bola redonda, foi para que ela rolasse sobre uma superfície. E se, com os anos, nos fomos afastando de campos pelados, arenosos, esburacados e não uniformes, a intenção parece-me clara:

Que haja uma planície plana, impecavelmente cortada, despida de socalcos, para a bola rolar livremente e sem problemas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)