Tribuna Expresso

Perfil

Uruguai

Maxi Pereira: "Quero ficar mais um ano no FC Porto e já disse ao treinador que o dinheiro não é um problema"

Defesa uruguaio falou aos jornalistas portugueses no final do encontro em que a sua seleção bateu Portugal por 2-1. E revelou que ficou algo surpreendido com as notícias da contratação de jogadores para a sua posição

Lídia Paralta Gomes

Thearon W. Henderson

Partilhar

Troca de camisolas com Ricardo

“Falei com ele no final, até trocámos camisolas. Partilhei um ano com ele e vou guardar muito boas recordações dele e espero que corra tudo bem no seu clube”

Sabor especial por ser contra Portugal?

“Sim, na verdade sim. Foram sensações diferentes, não era só mais um jogo. Estou há tanto tempo em Portugal que o coração fica dividido. Mas tinha de passar um, foi o Uruguai e estou muito feliz por isso, mas se fosse ao contrário seria mais um adepto de Portugal”

França

“Vi o jogo contra a Argentina. Seleção muito boa, com jogadores muito rápidos. É uma seleção muito dura”

Futuro em Portugal

“Quando acabar aqui penso voltar ao Porto. Sempre disse que queria ficar mais um ano no Porto e dinheiro não será um problema, já o disse ao treinador. Espero ficar mais um ano mas não está nada confirmado. O que falta é chegar ao Porto e reunirmo-nos, da minha parte já disse que o económico não é um problema”

Concorrência

“Já chegou um lateral? Um não, dois! Isso surpreendeu-me um pouco...Quero ficar, agora não sei qual vai ser a decisão dos dirigentes”

Feliz no Porto

“Estou feliz no Porto, o que faltava era ser campeão. Isso foi chave para tirar este peso que tinha às costas. Mas gostava de ficar porque temos um bom técnico, um bom grupo e tenho a certeza que podemos voltar a ganhar o campeonato”