Tribuna Expresso

Perfil

Irão

"Quaresma acha-se no direito de dar coices no meio de um par de trivelas. A ignorância não ofende e não é qualquer burro que me dá um coice"

Eis, então, a resposta de Queiroz num bate-boca que envolve etnias e provérbios e também Deus

Tribuna Expresso

Jean Catuffe

Partilhar

Quaresma disse que as vozes de burro não chegavam ao céu e Queiroz respondeu que não era qualquer burro que lhe dava um coice. Pois então, assim vai o bate-boca entre o jogador da seleção nacional e o selecionador do Irão no rescaldo o jogo que deu a passagem de Portugal aos oitavos de final do Mundial. Na altura, recorde-se, Queiroz deu uma longa conferência de imprensa na qual criticou a arbitragem e alguns jogadores que não o cumprimentaram no acesso aos balneários. Já esta quarta-feira, em entrevista ao "Público", Queiroz voltou a repisar as críticas, dizendo que se os antigos treinadores de Quaresma falassem, um dia, sobre ele, essa conversa duraria anos.

Leia o post na íntegra.