Tribuna Expresso

Perfil

Croácia

Raio X: Croácia, ou porque a virtude está toda no meio do campo

A Tribuna Expresso apresenta as 32 seleções presentes no Mundial 2018, uma por uma. Eis a Croácia, que partilha o Grupo D com Argentina, Islândia e Nigéria

Tiago Teixeira, analista de futebol

A Croácia é 20ª do ranking mundial da FIFA

Srdjan Stevanovic/Getty

Partilhar

Ranking FIFA: 20º
Presenças em Mundiais: 13 (1930, 1950, 1954, 1958, 1962, 1974, 1982, 1990, 1998, 2002, 2006, 2014 e 2018)
Jogos no Mundial 2018: Nigéria (16 junho, 20h, SportTV); Argentina (21 junho, 19h, SportTV); Islândia (26 junho, 19h, SportTV)

Utilizando o 4-2-3-1 como sistema de jogo, a seleção croata comandada por Zlatko Dalic assenta a sua ideia num futebol apoiado quando tem a posse de bola e numa pressão agressiva para condicionar a construção adversária quando não a tem.

Com um duplo pivô composto por Rakitic, do Barcelona, e Badelj, da Fiorentina, e um médio ofensivo como Modric, do Real Madrid, a construção pelo corredor central é feita com qualidade e inteligência.

Há ainda Brozovic do Inter, e Kovacic, do Real Madrid, pelo que a qualidade no corredor central está assegurada independentemente de quais forem os titulares.

No corredor lateral esquerdo destaca-se Perisic do Inter, sendo que a sua qualidade no cruzamento é fundamental para servir o ponta-de-lança Kramaric, do Hoffenheim, e o extremo Manzdukic, da Juventus, que, assim como acontece no seu clube, aparece muitas vezes ao segundo poste em zonas de finalização.

Onze provável

Jogador chave

Luka Modric, capitão croata

Luka Modric, capitão croata

Srdjan Stevanovic/Getty

Luka Modric, 32 anos, médio do Real Madrid que é sinónimo de qualidade em todos os momentos do jogo. Constrói e cria sempre com muita qualidade técnica e criatividade e, sem bola, a sua inteligência tática e agressividade são fundamentais para a seleção croata.

Jogador a seguir

Marko Pjaca, 23 anos, extremo esquerdo da Juventus que esta época atuou no Schalke 04 por empréstimo, destaca-se pela velocidade e qualidade técnica com que executa, principalmente no drible.

Convocados

Guarda-redes: Danijel Subasic (Mónaco/Fra), Lovre Kalinic (Gent/Bel) e Dominik Livakovic (Dínamo Zagreb).

Defesas: Vedran Corluka (Lokomotiv Moscovo/Rus), Domagoj Vida (Besiktas/Tur), Ivan Strinic (Sampdoria/Ita), Dejan Lovren (Liverpool/Ing), Sime Vrsaljko (Atlético de Madrid/Esp), Josip Pivaric (Dínamo Kiev/Ucr), Tin Jedvaj (Bayer Leverkusen/Ale) e Duje Caleta-Car (Salzburgo/Aut).

Médios: Luka Modric (Real Madrid/Esp), Mateo Kovacic (Real Madrid/Esp), Ivan Rakitic (Barcelona/Esp), Milan Badelj (Fiorentina/Ita), Marcelo Brozovic (Inter/Ita) e Filip Bradaric (Rijeka).

Avançados: Mario Mandzukic (Juventus/Ita), Ivan Perisic (Inter/Ita), Nikola Kalinic (AC Milan/Ita), Andrej Kramaric (Hoffenheim/Ale), Marko Pjaca (Schalke/Ale) e Ante Rebic (Eintracht Frankfurt/Ale).