Tribuna Expresso

Perfil

NBA

Dois homens, muitos recordes e um prémio

Os playoffs da NBA arrancam este sábado e logo na 1ª ronda há um duelo entre James Harden e Russell Westbrook, os dois favoritos ao prémio de MVP

Lídia Paralta Gomes

Getty

Partilhar

Até ao último ano, o prémio de MVP da temporada regular da NBA era anunciado algures entre a 1ª e a 2ª rondas dos playoffs. Esta época, as regras mudaram: todos os prémios individuais serão revelados a 26 de junho, bem depois de o título ser entregue e até de o Draft para a próxima temporada ser realizado.

É possível que esta mudança tire ligeira excitação ao embate entre Houston Rockets e Oklahoma City Thunder. Assim, de repente, é neste duelo, um dos oito da 1ª ronda da post-season, que se encontra a primeira grande história dos playoffs da NBA, que arrancam amanhã. Os Rockets foram terceiros na Conferência Oeste e os Thunder apenas sextos, atrás do crónico dueto da frente, Golden State Warriors e San Antonio Spurs. Mas, mais do que uma série entre Houston e Oklahoma, este será um duelo entre James Harden e Russell Westbook, os dois maiores candidatos ao prémio de jogador mais valioso da temporada regular.

Os argumentos são de peso para os dois lados. Russell Westbrook fez uma das épocas mais memoráveis da história da NBA: bateu o recorde de triplos-duplos numa só temporada (42, contra os 41 de Oscar Robertson em 1961/62) e, não contente com isso, tornou-se apenas o segundo jogador da história a terminar a temporada regular com média de triplos-duplos, ou seja, com valores de dois dígitos em pontos, assistências e ressaltos, igualando o mesmo Robertson.

James Harden também tem a seu favor os números: fez 22 triplos-duplos e foi o primeiro jogador a terminar a época com pelo menos 2 mil pontos, 900 assistências e 600 ressaltos. Mas há outro pormenor. “Eu pensava que o mais importante era ganhar”, respondeu o base quando questionado sobre esta corrida a dois. De facto, Harden levou os Rockets a 55 vitórias, enquanto Westbrook só conseguiu que os Thunder alcançassem 47 (o que, em 82 jogos, acaba por não ser uma diferença assim tão grande).

Portanto, com as coisas tão empatadas, este duelo poderá muito bem ser o tira-teimas necessário para desempatar o prémio de MVP. Quem ganhar a série ficará, seguramente, em vantagem.

A Oeste nada de novo

Após a última jornada da época regular, na quarta-feira, ficaram finalmente definidas as 16 equipas que, de amanhã até junho, vão discutir o troféu Larry O’Brien.

Os Chicago Bulls, uma das desilusões da temporada, conseguiram à última hora conquistar o 8º lugar da Conferência Este. Nesta 1ª ronda terão pela frente os Boston Celtics, que, de forma surpreendente, suplantaram os Cleveland Cavaliers no topo da Conferência. A equipa de LeBron James desatou a perder jogos na última metade da época regular e chega aos playoffs como cabeça de série nº 2, o que, estatisticamente, não é nenhum drama, pois sempre que foi para a post-season no 2º lugar — e aconteceu por cinco vezes — LeBron atingiu as finais. Na 1ª ronda terá pela frente os Indiana Pacers. Toronto Raptors-Milwaukee Bucks e Washington Wizards-Atlanta Hawks são os outros duelos da eliminatória inicial no Este, uma 1ª ronda que serve essencialmente para separar o trigo do joio, ou seja, para ver quem realmente tem estofo para lutar pelo título de campeão da Conferência.

Já do outro lado do país nada de novo. Ninguém terá apostado noutro cenário que não fosse Warriors e Spurs nos dois primeiros lugares da Conferência Oeste, e assim aconteceu. Mesmo sem Kevin Durant durante várias semanas, por lesão, Golden State segurou o 1º lugar e terá pela frente os Portland Trail Blazers. Já os texanos de San Antonio arrancam os playoffs com uma equipa sempre dura de roer na fase a eliminar, os Memphis Grizzlies. E, além da série entre Rockets e Thunder, o duelo entre Los Angeles Clippers e Utah Jazz parece, no papel, um dos mais equilibrados desta 1ª ronda.

Na NBA não há muito tempo para sopas e descanso. Assim, depois de duas noites de pausa, amanhã teremos quatro jogos no cardápio: Cavaliers-Pacers e Raptors-Bucks (Este) e Spurs-Grizzlies e Clippers-Jazz (Oeste). No domingo arrancam as restantes séries.