Tribuna Expresso

Perfil

Opinião

Lei 17 - O Pontapé de Canto

Duarte Gomes

Partilhar

E pronto. Dezassete semanas depois, vem aí a décima sétima e última das Leis de Jogo.

Bem, a última... oficialmente.

É que ainda haverá tempo para falarmos daquela que não vem em nenhum manual, não se aprende a ler mas que, porventura, é a mais importante de todas.

Lei 17 - O Pontapé de Canto

Parece simples, não parece? É porque é.

Não há muito a dizer que possam não saber, mas ainda assim ficam aqui as ideias principais:

Um pontapé de canto é assinalado quando a bola ultrapassa, por completo, a linha de baliza, tocada em último lugar por um jogador da equipa defensora (sem que tenha sido marcado um golo).

Por falar em golos, ele pode ser marcado diretamente na baliza adversária através de um pontapé de canto, mas não na própria baliza (era preciso ter muita força ou estar muito vento!).

Se isso acontecesse, seria marcado pontapé de canto, do outro lado, para a equipa adversária.

Procedimento

Fácil: bola no interior do quarto de círculo (que tem 1 metro de diâmetro). Pode estar sobre a sua linha, mas não no exterior.

Mais. Tem que estar imóvel e entra em jogo logo que seja pontapeada e se mova claramente (quer isto dizer que a bola não tem que sair da área de canto para estar em jogo).

A bandeira de canto não pode ser removida.

E os jogadores adversários, no momento da execução, têm que estar a 9.15m dessa área (tal como a barreira dos pontapés livres).

Infrações / Sanções

O executante não pode tocar na bola duas vezes seguidas. Se o fizer, é assinalado pontapé livre indireto contra a sua equipa, a menos que esse segundo toque seja com as mãos: aí é punido com livre direto (ou pontapé de penálti, se for na sua área e ele não for o guarda redes - se fosse, seria livre indireto).

Só mais uma...

Se um jogador executar o pontapé de canto, intencionalmente, contra um adversário (a fim de poder voltar a tocá-la de seguida), essa ação é legal desde que ele não o tenha feito com:

  • Imprudência (e aí seria punido livre direto ou penálti mas sem ação disciplinar);
  • Negligente (LD / penálti com cartão amarelo).
  • Força excessiva (LD / penálti, com cartão vermelho).

Feito. Revimos aqui todas as leis do futebol em cerca de três meses mas ainda não acabou.

Inventámos (nós não) a "décima oitava"...

Na próxima segunda-feira, no lugar do costume. Vai valer a pena...