Tribuna Expresso

Perfil

  • Luciano Gonçalves, líder dos árbitros portugueses: “Já recebi dezenas de ameaças. Por sms e não só, a última esta semana”

    Entrevistas Tribuna

    Luciano Gonçalves, 37 anos, foi eleito líder da APAF em plena crise dos vouchers e nunca mais deixou de apagar fogos, o último o do apagão do vídeo-árbitro (VAR) no Aves-Benfica. O furor dos comentários e a especulação levou ao pré-aviso de greve aos jogos da Taça da Liga, desconvocada após um princípio de acordo com Pedro Proença. Natural da Batalha, foi defesa esquerdo na III Divisão e árbitro de 2º escalão até 2011, função que abandonou precocemente devido a uma meningite que lhe retirou forças para passar nos testes físicos, agora canalizadas a 100% para a defesa da classe mais odiada do futebol.