Tribuna Expresso

Perfil

  • Super Dragões contra Super Dragão (o que a guerra na claque do FCP nos diz sobre o FCP)

    FC Porto

    Após o cerco e o lançamento de petardos à casa de Pinto da Costa em abril de 2016, a ala mais dura da poderosa claque portista voltou a atacar em várias frentes o rumo do FC Porto, após o empate sem golos na Mata Real. Adelino Caldeira e Alexandre Pinto da Costa não escaparam à praxe de comissionistas, mas a surpresa maior foram os grafittis na casa de Fernando Madureira, alvo da ira dos colegas de bancada pela sua "cumplicidade e ligação" ao poder