Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Convocados? Não digo

Nuno Espírito Santo volta a não divulgar a lista de convocados. Depois do Rio Ave é a vez de a Roma ficar sem saber quem vai defrontar. Será uma estratégia que veio para ficar?

Expresso

FRANCISCO LEONG/Getty

Partilhar

Nos dias que correm fala-se muito em ganhar e em perder jogos devido a pormenores. E seja qual for a estratégia adotada pelos treinadores, o objetivo é garantir aquela pequena vantagem na hora de defrontar o adversário, an edge, como diriam os ingleses. Nuno Espírito Santo parece que encontrou a sua.

O FC Porto joga hoje contra a AS Roma naquele que será o segundo jogo oficial de Nuno à frente dos azuis e brancos e pela segunda vez o treinador não revela quem são os jogadores convocados. Já o tinha feito contra o Rio Ave na primeira jornada da Liga e repete a omissão nesta primeira mão do play-off da Liga dos Campeões contra os italianos.

Se recuarmos aos seus tempos em Valência, percebemos que esta é uma nova forma de Nuno encarar os jogos. Recordamos até o enorme desgaste que sofreu a relação do treinador português com os jornalistas espanhóis que insistentemente o questionavam pelas consecutivas listas de convocados em que não figurava Álvaro Negredo.

Ainda é cedo para perceber se esta decisão de não revelar quem vai a jogo é apenas uma estratégia momentânea quando as incertezas em relação ao plantel são ainda muitas ou se é algo que veio para ficar e Nuno vai manter as suas cartas bem escondidas até à hora de ir a jogo.