Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Diogo Jota: Chaves foi “premiado injustamente”

Para o jogador do FC Porto, a grande falha foi a equipa não conseguido concretizar as várias oportunidades de golo

Expresso

JOSÉ COELHO/ Lusa

Partilhar

Diogo Jota defendeu que a passagem do Chaves na eliminatória da Taça de Portugal foi injusta. O jogador do FC Porto lamentou a derrota, uma vez que esta é “uma competição histórica” que a equipa “vencer”.

“Falhou essencialmente fazer um golo. Tivemos muitas oportunidades mas o futebol é assim mesmo e fomos infelizes nas grandes penalidades”, disse o jogador em declarações à Sport TV. “Fomos nós que quisemos que o jogo tivesse um rumo diferente. A equipa adversária fez muitas faltas e jogadores no chão para quebrar o ritmo. Foram premiados injustamente” acrescentou.

Após o empate a zero e o prolongamento, o FC Porto e o Chaves decidiram a eliminatória nas grandes penalidades. “Ficámos pelo caminho e há que pensar nas outras competições”, considerou Jota.