Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Nuno volta aos desenhos: “Sei que isto vai ser motivo de brincadeira, mas prestem atenção ao conteúdo”

Nuno Espírito Santo aproveitou a conferência de imprensa de antevisão do jogo contra o Sporting de Braga (sábado, 20h30, Sport TV1) para voltar a fazer um desenho

Expresso

Partilhar

Não perceberam? Então eu faço (novamente) um desenho. “Sei que isto vai ser motivo de brincadeira, crítica e análise”, começou por dizer o treinador do FC Porto, enquanto voltava a encaminhar-se para o bloco no qual já tinha explicado - ou melhor, desenhado - “o que era um jogador à Porto”, após a vitória contra o Arouca (3-0), no final da outubro (recorde AQUI).

“Não reparem no desenho, prestem atenção ao conteúdo”, pediu, antes de encher três folhas de rabiscos. “Desde o primeiro dia tivemos como objetivo principal regressar ao ciclo de vitórias. Mas também sabíamos qual era o momento”, explicou, enquanto escrevia “3 anos” no papel.

Seguiu-se o desenho de uma “base” e de uma “equipa”, que serviu para explicar a “ideia” do FC Porto (já na segunda folha de papel): “Para esclarecer definitivamente o sistema do FC Porto, digo que isto não tem a ver com sistema. Tem a ver com uma equipa que consegue estar a maior parte do tempo no campo do adversário”, disse, enquanto desenhava no meio-campo adversário os jogadores.

“Temos os centrais subidos, os laterais projetados, os avançados perto da área, os médios que rompem... É o tal jogo em 60 metros [que Nuno já tinha exemplificado no primeiro desenho que fez, em outubro]. Não há nenhum sistema que se possa identificar, há uma ideia e nós conseguimos isto, independentemente dos resultados. Em nenhum desses empates tivemos o risco de perder, estivemos sempre mais perto de ganhar”, considerou, referindo-se aos cinco empates consecutivos do FC Porto - os últimos três sem golos.

“Depois do jogo contra o Benfica, a equipa teve um bom crescimento mas não conseguiu o golo. Temos de melhorar a nossa eficácia”, disse - e desenhou na terceira folha que utilizou para explicar a sua ideia.

Nuno aproveitou também para dizer que a equipa que vai jogar contra o Sporting de Braga de José Peseiro, atual 3º classificado, com mais um ponto do que o FC Porto, “é a que tem jogado” - ainda que, alguns segundos depois, tenha emendado a mão para dizer que “poderá haver uma alteração mas a base é a mesma”.

O treinador do FC Porto terminou dizendo que há jogadores portistas que estão “a fazer a melhor época das longas carreiras” e que estão “num processo de crescimento, porque não estavam expostos à exigência constante” do clube. “Ninguém pode acusar qualquer jogador do FC Porto de sair do campo sem ter dado tudo”, concluiu.

Partilhar

  • O vídeo dos novos desenhos de Nuno Espírito Santo

    vídeo

    O treinador do FC Porto usou hoje de novo o marcador para desenhar e assim tentar explicar-se melhor. Foi na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting de Braga. "Sei que isto vai ser motivo de brincadeira, crítica e análise", disse. "Não reparem no desenho, prestem atenção ao conteúdo"

  • Nuno Espírito Santo explica o que é "jogar à Porto"

    vídeo

    O treinador do FC Porto, Nuno Espírito Santo, respondeu este sábado de uma forma curiosa a uma das questões que lhe colocaram durante a conferência de imprensa após o triunfo sobre o Arouca, por 3-0. O técnico recorreu a um quadro para explicar o que é "jogar à Porto" e assumiu a ambição de estar a celebrar o título de campeão nacional daqui a um ano, na próxima gala dos prémios Dragões de Ouro.