Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

A grande novidade tem o nome repetido

De um ano para o outro, Nuno Espírito Santos fez quatro mudanças no onze dos dragões, entre dois jogos para a Taça da Liga. Este, que é melhor o FC Porto vencer para seguir em frente, é contra o Moreirense

Expresso

MIGUEL RIOPA

Partilhar

Nos últimos tempos, o FC Porto vinha a jogar com dois extremos e um avançado no meio deles, e a coisa até vinha a correr bem. Deixarem-se da série de empates seguidos e chegaram a embalar numa de vitórias consecutivas. Na derradeira partida de 2016, contudo, empataram com o Feirense, resultado que quase os obriga a vencer hoje o Moreirense.

Terão de o tentar fazer, de início, só com um extremo a sério (Brahimi), o avançado (Depoitre) para o qual ainda não atinaram na maneira de jogar e com um médio (André André) que tem jogado pouco. É este a principal das quatro novidades, porque ficamos sem saber se os dragões vão jogar em 4-3-3 com ele a disfarcar de extremo, à direita, ou se retornam ao 4-4-2.

Acompanhe o jogo AQUI, em direto, na Tribuna Expresso, a partir das 21h15.

FC Porto: José Sá; Maxi Pereira, Felipe, Boly, Alex Telles; Danilo, André André, Óliver Torres; Hector Herrera, Brahimi, Depoitre.