Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Nuno Espírito Santo: “Queremos ser campeões, mas ainda há tanta coisa por fazer”

Técnico do FC Porto disse que a equipa "ainda não está onde quer estar" mas que "continua olhar para cima". Lembrou que o apoio dos adeptos é fundamental e, que vai fazer de tudo para conquistar o título nacional

Vanessa Portugal

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Partilhar

Sábado há clássico no dragão a contar para a 20ª jornada do campeonato (20h30). O FC Porto vai receber o Sporting em casa e o único objetivo para os portistas é este: vencer. Porquê? “Porque continuamos a olhar para cima”, disse Nuno Espírito Santo, na conferência de imprensa que antevê o encontro.

A um ponto do líder Benfica, Nuno Espírito Santo está confiante e diz que “o FC Porto está motivado e preparado”, encarando este encontro como um jogo “fundamental” e “difícil”.

Para o técnico dos dragões, o Sporting “está recheado de bons jogadores e certamente vão apresentar-se com a máxima força”. Nuno Espírito Santo conhece bem as opções de Jorge Jesus mas garante que este vai “encontrar um FC Porto motivado, preparado e, acima de tudo, com vontade de competir”.

Numa das fases mais importantes do campeonato, o FC Porto está convicto e quer manter o rumo para conquistar o título de campeão nacional. Para o técnico o mais importante é ser primeiro no final. “Sempre houve uma crença no trabalho e foi o nosso trabalho diário, que nos permitiu estar a um ponto nesta altura. Não é fundamental ser líder em fevereiro, mas no final do campeonato”, acrescentou o técnico.

“Queremos ser líderes, queremos ser todos ser campeões mas ainda há tanta coisa por fazer. Estamos num processo de construção da equipa. Tem sido um crescimento sustentado.Todos os dias são importantes nesse processo. Todos os jogos servem para corrigir”, afirmou Espírito Santo.

O árbitro nomeado para o encontro é Hugo Miguel, e Nuno Espírito Santo espera que “não tenha influência no resultado do jogo” mas que “confia pleamente no seu trabalho”.