Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Nuno Espírito Santo põe pressão: “Se ganharmos, o Benfica joga com o Rio Ave no 2.º lugar”

O treinador do Porto fez a antevisão do jogo com o Marítimo, que se disputará no Funchal

Lusa e SIC Notícias

Partilhar

O treinador do FC Porto lembrou hoje que uma vitória sobre o Marítimo, no sábado, na 32.ª jornada da I Liga de futebol, fará com que "o Benfica jogue com o Rio Ave em segundo lugar".

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo do Funchal, a dois dias do confronto com o Marítimo, o treinador dos 'dragões' realçou as dificuldades da partida, salientando também o foco de todo o grupo.

"É, tradicionalmente, um jogo difícil, uma deslocação complicada. Estamos numa fase decisiva do campeonato. Encaramos este jogo como uma final. Temos de estar muito focados e no máximo das nossas forças. O Marítimo é uma boa equipa e agressiva. Temos de lutar para que cada bola seja ganha por nós e estaremos mais perto da vitória se o fizermos. Preparáramos bem a semana e os jogadores estão motivados", começou por dizer o treinador.

Marítimo e Rio Ave são os adversários de FC Porto e Benfica nesta jornada, respetivamente, e duas equipas que têm algo em comum: estão a lutar pelo sexto lugar, o último que dará acesso às competições europeias na próxima época.

Questionado sobre se uma vitória na Madeira dará motivação ao Rio Ave para ganhar, um dia depois, o jogo frente ao Benfica, Nuno Espírito Santo lembrou que apenas está preocupado com o que o FC Porto pode fazer.

"Só pensamos no FC Porto e nos nossos três pontos. Sabemos que ganhando provocamos alterações na classificação. Se ganharmos, o Benfica joga com o Rio Ave sabendo que é segundo", lembrou.

Nuno Espírito Santo abordou ainda os castigos de Brahimi e de Maxi Pereira, bem como a ausência de Danilo devido a lesão, em virtude de um lance duro no jogo com o Feirense e que o obrigou a levar nove pontos no joelho esquerdo.

"Por um lado, podemos contar com Brahimi após um castigo injusto e exagerado. Em relação ao Maxi, ele não teve qualquer intenção de magoar ou prejudicar o jogador do Chaves. Temos sido penalizados com lances iguais, com jogadores nossos vítimas de agressões que não foram punidas. Danilo é um desses casos. Sofreu uma agressão que o condicionou e devido à qual não poderá jogar mais esta partida. Foi doloroso, está em recuperação e não pode participar neste jogo. Mas os outros jogadores disponíveis dão-nos garantias e confiança máxima para este jogo", recordou ainda o técnico.

O treinador da equipa 'azul e branca' mostrou-se ainda satisfeito com introdução do vídeo-árbitro da próxima época, considerando que esta "é uma boa medida".

"Pode ajudar à transparência e à justiça desportiva. Estou de acordo com tudo o que beneficie e traga justiça, transparência e verdade ao futebol", comentou ainda Nuno Espírito Santo.

O FC Porto viaja esta sexta-feira para a Madeira onde, no sábado, vai defrontar o Marítimo, em jogo a contar para a 32ª jornada da I Liga de futebol.