Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Sérgio Conceição, o Liverpool e a cobiça: "Prefiro alcançar o nosso grande objetivo desta época e ficar desempregado"

Na véspera de ter de fechar uma eliminatória em que perdeu, na primeira mão, por 0-5, o técnico portista foi questionado sobre o futuro e os rumores de ser pretendido em outras paragens. Sérgio Conceição nem quer ouvir falar isso - quer é que o FC Porto honre a camisola e mostre que a diferença entre os clubes não justifica a goleada da primeira mão. No entanto, não esconde que o grande objetivo está na conquista do campeonato nacional

Expresso

JOSÉ COELHO/LUSA

Partilhar

A motivação

“É um jogo dos oitavos de final da Liga dos Campeões, a nossa motivação é trazer este emblema ao peito, honrar a história do FC Porto. Somos realistas, é muito difícil mas vamos dar o máximo."

O adversário

“O Liverpool é extremamente forte, com testes semanais incríveis, com todo o respeito pelo nosso campeonato, em Inglaterra o campeonato obriga a outra exigência. Perdemos o jogo pois houve uma tremenda eficácia do adversário, mas vamos dar uma resposta de acordo com o valor do FC Porto."

A goleada

“Não existe essa diferença toda entre as duas equipas. Analisei o jogo e houve uma tremenda eficácia do adversário que em 6 remates enquadrados, fez 5 golos,nós não tivemos essa eficácia. Cometemos erros que não podemos num jogo de Liga dos Campeões onde os pequenos pormenores são decisivos”. É um facto que perdemos por aquele número, mas amanhã vamos dar uma resposta de acordo com o valor do FC Porto.”

O momento

“Temos de dar atenção ao momento da equipa no campeonato, vive-se um momento de decisões em que todos os jogos são importantes e todos sabem que o nosso objectivo principal é o campeonato.”

A gestão

“Tenho de olhar para o quadro médico e avaliar a fadiga dos jogadores a pensar no momento da equipa. O impacto físico do jogo é muito grande e tenho de escolher os jogadores que me dão mais garantias."

A cobiça

“Prefiro alcançar o nosso grande objetivo desta época e ficar desempregado do que ter outros clubes interessados mas não ganhar nada pelo meu.”

  • Chapa ganha, chapa gasta

    FC Porto

    Encaixado um 0-5, ganhou-se por 5-0. Cindo dias após ser goleado pelo Liverpool, na Liga dos Campeões, o FC Porto goleou o Rio Ave e teve a melhor ressaca que poderia ter desejado