Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Sérgio Conceição: "Depois do golo penso que não houve mais jogo. Estou completamente desiludido com isto"

As palavras do treinador do FC Porto após a derrota contra o Paços de Ferreira (1-0), na 26ª jornada da Liga

Expresso

MIGUEL RIOPA/Getty

Partilhar

Mau tempo a influenciar o jogo

"Jogar aqui com esta condições, muito vento e chuva, é difícil. Podíamos ter feito mais na primeira meia-hora, é verdade, mas depois do golo penso que não houve mais jogo. Estou completamente desiludido com isto: antijogo constante, o árbitro a permitir paragens constantes, jogavam-se 10, 15 segundos, bola fora... Não sei se isto era estratégia, devia ser. Sinceramente estou desiludido. Não gosto de perder, mas isto foi incrível. Não me lembro de um jogo assim, uma coisa que nunca vi, com os jogadores constantemente no chão. Não se jogou. Gostava de saber o tempo útil do jogo. 25 minutos? Penso que não houve mais."

Má exibição do FC Porto na 1ª parte

"Podíamos ter feito mais, sim, falhámos um penálti e algumas ocasiões que não costumamos falhar, também é verdade, mas foi um jogo incrível. Nesta reta final vale tudo para se atingir um pontinho. Foi o que o Paços fez e acabou por conseguir três pontos. Vamos ver a semana, tentar com certeza ver o que esteve mal, mas quem esteve mal foi de certeza o treinador do FC Porto que assume sempre as responsabilidades.

O desagrado foi geral, não só no meio-campo. Foi em toda a dinâmica da equipa, primeiro pelas condições que tivemos, pelo tempo, depois com alguma apatia no início do jogo. E depois, volto a repetir, muito pouco tempo útil jogado. Fica difícil. Somos uma equipa com intensidade, que gosta de jogar e manter um ritmo alto de jogo, mas estrategicamente a outra equipa não jogou."

Conversa no final com os jogadores

"Desta vez fica para nós, para o grupo de trabalho. Agora é ganhar o próximo jogo e fazer o resto do campeonato de acordo com o que tínhamos feito até hoje."