Tribuna Expresso

Perfil

FC Porto

Pinto da Costa recebe Medalha de Honra emocionado. "19 anos foi muito tempo"

O presidente do FC Porto recebeu na noite de sábado a Medalha de Honra da Cidade do Porto. Rui Moreira, Sérgio Conceição, Armando Pimentel e D.António Francisco dos Santos estiveram entre os que Pinto da Costa fez questão de lembrar na hora da homenagem. Rui Rio também, mas sem que o seu nome fosse pronunciado.

Expresso

Rui Moreira condecorou Pinto da Costa com a Medalha de Honra da Cidade do Porto

Miguel Nogueira/Filipa Brito/CM Porto

Partilhar

"Amo o Porto desde os primeiros momentos da minha vida". Jorge Nuno Pinto da Costa começou o seu breve discurso de aceitação da Medalha de Honra da Cidade do Porto com a voz a embargar na hora de declarar o seu amor à cidade.

O presidente do FC Porto agradeceu à autarquia a homenagem e mostrou-se particularmente satisfeito com o facto de a proposta, do presidente Rui Moreira, ter merecido o voto favorável de toda a vereação da câmara bem como da Assembleia Municipal.

Se o facto lhe merece apreço, o que dizer do momento de euforia vivido pelo FC Porto que este sábado encerrou muitas horas de celebração pela conquista do título nacional em plena Avenida dos Aliados e com a ida à varanda da autarquia, o que não acontecia desde 1999.

"Após 19 anos voltamos a ser recebidos nos Paços do Concelho para festejarmos e entregar a todos os que estão lá fora esta taça conquistada brilhantemente pelos nossos jogadores", referiu o dirigente.

"Dezanove anos foi muito tempo, não só pelos anos em que não vencemos como sobretudo pelos anos em que encontrámos as portas fechadas. Mas felizmente que hoje, como em 1999, temos à sua frente [da câmara municipal] não um homem que gosta do Futebol Clube do Porto, mas um homem que além disso ama a cidade do Porto", afirmou numa alusão a Rui Rio que durante os anos em que foi presidente da cidade, não recebeu a equipa nos momentos de festejo.

As alfinetadas ao atual líder do PSD não ficaram por aí. Já a fechar Pinto da Costa dirigiu-se a Rui Moreira para dizer: "o senhor que não tem ambições políticas estará sempre à vontade para galardoar quem entender".

De resto, o atual presidente dos dragões, no cargo há 36 anos, lembrou duas pessoas já desaparecidas - o antigo vereador do Porto, Armando Pimentel, e o antigo Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos - mas citou outras.

Entre elas, Sérgio Conceição, técnico dos azuis e brancos, a quem deu o mérito pela conquista do campeonato: "Hoje conseguimos transformar a onda azul num mar azul pelas mãos do Sérgio Conceição".

"Nunca mais esquecerei este dia. Nunca mais deixarei de me lembrar e de olhar para esta medalha porque ela representa não só eu amo o Porto mas quanto amam o Porto aqueles que ma atribuíram", afirmou ainda.

O presidente do FC Porto evocou ainda todos os que trabalharam nas várias direções que liderou em quase quatro décadas e a família.

Já Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, frisou no seu discurso que "a cidade do Porto está hoje a fazer justiça a um dos seus mais ilustres cidadãos".

A Medalha de Honra é a condecoração mais alta do município.