Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Isabel dos Santos entra em campo, Bruno de Carvalho é um “barril de pólvora” e o FC Porto conquistou a Supertaça de basquetebol

Isabel dos Santos assumiu o cargo de presidente da assembleia-geral do Petro de Luanda, um dos clubes mais importantes de Angola; o FC Porto conquistou no domingo pela sexta vez a Supertaça de basquetebol; o alemão Nico Rosberg ao vencer o GP do Japão pode ter dado um passo decisivo para conquistar o título de pilotos da Fórmula 1

Expresso

Rui Duarte Silva

Partilhar

Bom dia,

Estes são os principais destaques da imprensa desportiva desta segunda-feira:

Isabel dos Santos aposta nos relvados?


A empresária angolana Isabel dos Santos, que lidera a petrolífera estatal Sonangol, assumiu o cargo de presidente da assembleia-geral do Petro de Luanda, um dos clubes mais representativos de Angola, informou a instituição.

D acordo com uma nota da direção do clube de Luanda, patrocinado pela Sonangol, Isabel dos Santos tomou posse na sexta-feira à noite, juntamente com os restantes órgãos eleitos a 17 de setembro, tendo colocado à direção a meta de chegar aos 100.000 sócios.

Isabel dos Santos, primeira filha do Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, liderou a lista única àquele órgão, tendo como vice-presidente (da assembleia-geral) Paulino Jerónimo, por sua vez presidente da comissão executiva da Sonangol.

FC Porto conquista Supertaça de basquetebol

O FC Porto, campeão nacional em título, conquistou no domingo pela sexta vez a Supertaça de basquetebol, ao vencer o Benfica, detentor da Taça de Portugal, por 84-70, em Vila Real. A formação comandada pelo espanhol Moncho Lopez, que ao intervalo vencia por nove pontos (44-35), já não ganhava a competição desde 2011.

No 'ranking' da prova, os 'dragões' reforçaram o terceiro lugar, aproximando-se de Ovarense (oito troféus) e do Benfica, que tinha triunfado nas últimas quatro edições e soma 13.

“Pinto da Costa é o Papa, Bruno de Carvalho um barril de pólvora e não sei se Vieira percebe muito de futebol”

Em grande entrevista à Tribuna, Carlos Pereira, o presidente do Marítimo, fala dos outros e dele, dos tempos em que o futebol era paixão, dos ralis, da alcunha Pirata, do hotel Savoy, da PIDE, de Alberto João e dos cruzeiros que ainda quer fazer. E de Pinto da Costa, Bruno de Carvalho, Luís Filipe Vieira e Pedro Proença.

“Do Bruno Carvalho é difícil de descrever porque nunca sabemos amanhã o que é que ele é. O Bruno de Carvalho alterna o bom com o mau com uma facilidade enorme, dá o dito pelo não dito com uma facilidade enorme. Foi assim nas reuniões da Liga, nas Assembleias da Liga e tem sido assim no relacionamento com as pessoas. A surpresa para mim é que, sendo um barril de pólvora, como é que ainda não explodiu”, disse.

Leia a entrevista na íntegra aqui na Tribuna.

Contas do Benfica e do Sporting estão no vermelho (perceba como e porquê)

Economia desportiva? O Expresso revelou pela primeira vez as contas consolidadas do Benfica, que mostram capitais próprios negativos de €84 milhões. No Sporting, é pior: serão quase €190 milhões. Clubes de Lisboa andam envolvidos em polémica.

O Grupo Benfica fechou o ano 2015/16 com capitais próprios negativos de €84 milhões. O número — que mostra uma realidade diferente da das contas individuais da SAD, contrastando com capitais próprios positivos desta de €21 milhões — está nas contas consolidadas do clube, que o Expresso hoje torna públicas pela primeira vez. A não publicação das contas consolidadas pelo clube da Luz esteve na origem de fortes críticas do Sporting, que ainda não apresentou as suas. Foi o próprio Benfica quem forneceu as contas consolidadas ao Expresso, assim pondo fim à polémica quanto à sua não divulgação.

Póquer de Cristiano Ronaldo

Nem com a pancada que deu a torto e a direito Andorra conseguiu evitar a goleada (6-0). Ronaldo marcou quatro, expulsou dois adversários e até acabou a jogar quase a trinco. João Cancelo marcou o segundo em dois jogos na seleção e também deu para André Silva se estrear nos golos. Só espanta Portugal não ter ganhado por mais.

A análise do Diogo Pombo aqui na Tribuna é obrigatória, para quem se quiser lembrar de um dos pontos altos do fim de semana desportivo.

F1 – GP do Japão. Nico Rosberg (Mercedes) com o título na mão

Vencedor, pela primeira vez, do GP do Japão, o alemão Nico Rosberg (Mercedes) pode ter dado um passo decisivo para conquistar o título de pilotos, com a marca alemã a festejar, desde já, o de construtores, o terceiro consecutivo.

É que ao ganhar 10 pontos ao Lewis Hamilton, seu companheiro de equipa, que, com uma partida desastrosa, caiu para oitavo e só conseguiu recuperar até ao derradeiro lugar do pódio, Nico Rosberg passa a dispôr de 33 pontos de avanço, o que significa que pode ser segundo, nas quatro corridas que faltam, mesmo que o inglês as vença para lhe suceder na lista de campeões do Mundo e tornar-se no primeiro filho a suceder ao pai (Keke Rosberg, em 1982) como detentor do título.

MANCHETES DO DIA

A Bola: “Queremos ser campeões já este ano”. Esta garantia foi deixada por Bryan Ruiz e Campbell ao desportivo. Os dois jogadores marcaram e brilharam na vitória da Costa Rica.

Record: “Rafa e Jimenez de volta”. Os dois jogadores do Benfica já estão recuperados das suas lesões e voltam a ser possibilidades para Rui Vitória. Só falta Jonas para o Benfica ter todos os avançados disponíveis.

“Jesus é o melhor de Portugal”, diz Maicon, ex-jogador do FC Porto, em entrevista ao desportivo

O Jogo: “Marcano virou patrão”. Em pouco tempo, o jogador do FC Porto ganhou um lugar de referência no clube. Teve propostas para sair, mas Nuno Espírito Santo não deixou.

Logo à noite, dentro das quatro linhas:

Portugal x Ilhas Faroé – (19h45) – transmissão na RTP 1