Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Quarta Bola de Ouro a caminho de CR7(?), os “beijinhos” de Bruno de Carvalho não foram bem recebidos e a defesa do Porto é de betão

O registo defensivo do FC Porto está ao mais alto nível: este fim de semana os dragões chegaram ao sétimo jogo consecutivo sem sofrer qualquer golo, perfazendo um total de 660 minutos com a baliza inviolada

Expresso

Comentários

JOANA SOUSA / AFP / Getty Images

Partilhar

Bom dia,

Estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta segunda-feira:

Ronaldo tem quase, quase, quase a quarta Bola de Ouro nas mãos…

Ao que tudo aponta, Cristiano Ronaldo deverá ser anunciado esta segunda-feira como vencedor da Bola de Ouro, prémio para o melhor futebolista do ano que a revista francesa France Football volta a atribuir isoladamente.

Depois das vitórias em 2008, 2013 e 2014, o 'capitão' da seleção lusa deverá somar o quarto troféu e terceiro em quatro anos, batendo, entre outros, o argentino Lionel Messi, que já arrebatou o troféu em cinco ocasiões. As vitórias no Europeu, ao serviço da seleção lusa, e na Liga dos Campeões, pelo Real Madrid, mais 51 golos, nos 55 jogos realizados em 2016, 'explicam' o triunfo do português, que se isolará no segundo lugar do 'ranking' do troféu.

Num ano em que Messi até fez mais golos e assistências, os títulos 'inclinam' a balança para o lado do português, que até nem apareceu nos grandes jogos, nomeadamente nas finais, sendo que na do Europeu saiu lesionado muito cedo.

Cada vez mais um goleador, um jogador de área, Cristiano Ronaldo foi o 'rei' dos marcadores da edição 2015/16 da Liga dos Campeões, que, há uma década, tem 'determinado', ano após ano, o vencedor do prémio para o melhor jogador do ano.

Rui Costa não gostou dos “beijinhos” de Bruno de Carvalho para adeptos benfiquistas

Bruno de Carvalho, o atiçador? O final do dérbi entre o Sporting e o Benfic ficou marcado por um incidente ligeiro entre Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, e Rui Costa, administrador da SAD do Benfica.

Rui Costa não gostou que Bruno de Carvalho, a caminho do túnel, se despedisse da Luz gesticulando “beijinhos” aos adeptos benfiquistas que o vaiavam e invetivavam, conta o “Record”. Pelo que o desportivo apurou, o administrador das águias terá mostrado o seu desagrado junto dos delegados da Liga, Nuno Pedro e Manuel Castelo.

FC Porto com defesa de betão há 660 minutos

O registo defensivo do FC Porto está ao mais alto nível. Com o triunfo alcançado no domingo em Santa Maria da Feira (4-0), os dragões chegaram ao sétimo jogo consecutivo sem sofrer qualquer golo, perfazendo um total de 660 minutos com a baliza inviolada, contando com os 30 minutos de prolongamento do jogo com o Chaves, a contar para a Taça de Portugal, lembra o “Jogo”.

Chapecoense. Sobreviventes do acidente começam a regressar ao Brasil

Três dos quatro sobreviventes do acidente do Chapecoense voltarão ao Brasil a partir desta segunda-feira, conta a “Bola”.

Segundo os médicos que seguem a recuperação, o guarda-redes Jackson Follmann parte já esta segunda-feira rumo a São Paulo, onde continuará o tratamento depois de ter amputado parte da perna direita. O defesa Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel seguirão para Chapecó na terça de manhã. O defesa Hélio Neto, com uma recuperação mais atrasada, ainda não tem data de regresso.

Manchetes do dia

A Bola: “Mais Líder”. Benfica sai do dérbi com primeiro lugar reforçado.

Record: “Campeão da eficácia”. Golos de Salvio e Jiménez no primeiro desaire de Jorge Jesus em dérbis na Luz.

O Jogo: “Motim abortado”. Pior pontaria atraiçoa o leão superior em tudo o resto e o líder aguenta-se.