Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Pinto da Costa pensa na reforma, Salvio vai parar um mês e CR7 confessa-se magoado com a investigação Football Leaks

Tem sido uma época de azares para Salvio: vai parar pelo menos um mês, devido a uma luxação da articulação acromioclavicular do ombro direito, contraída no decorrer do dérbi entre o Sporting e o Benfica

Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

Bom dia,

Estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta terça-feira:

Pinto da Costa: “É natural que este seja o meu último mandato, mas não me preocupa nada, porque o FC Porto não é uma monarquia”

O FC Porto não é uma “monarquia”, garante Pinto da Costa, presidente do clube, em entrevista ao “Jornal de Notícias” esta terça-feira. Por isso mesmo, “é natural que este seja o meu último mandato”, antevê. Mas logo adianta que parte das culpas dos que se queixam de que ele não larga o “trono” têm de ser apontadas àqueles que não se mexem e não concorrem ao cargo.

Jardim diz que City era dos piores adversários que podia sair ao Mónaco

O treinador português Leonardo Jardim, do Mónaco, salientou que o Manchester City, adversário nos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, era um dos mais difíceis que podia sair.

“É certo que, a par do Bayern [Munique] e do Real Madrid, eram os mais difíceis entre os segundos classificados da fase de grupos”, considerou o treinador dos monegascos, equipa dos internacionais portugueses João Moutinho e Bernardo Silva. Na reação ao sorteio de segunda-feira, realizado em Nyon, Leonardo Jardim, deixou muitos elogios à equipa inglesa, lembrando também que foi semifinalista na última edição da 'Champions' e que uma das suas apostas é vencer a competição.

“Tem muitos jogadores de qualidade. Esta época, uma das apostas do Manchester City é vencer a Liga dos Campeões. Não somos favoritos, mas acredito na nossa qualidade. Até ao jogo vão passar mais de 60 dias, em futebol é muito tempo e tudo pode mudar”, anteviu o treinador português, em alusão à eliminatória que se disputa apenas a partir de meados de fevereiro.

Rui Almeida foi despedido dos Red Star

O treinador português Rui Almeida foi demitido de funções no Red Star FC, anunciou na segunda-feira o clube da segunda divisão francesa de futebol, em comunicado. Na sua primeira temporada em França, Rui Almeida conduziu o Red Star ao quinto lugar da 'Ligue 2', mas deixa agora o clube francês na 16.ª posição, com 19 pontos e com um total de quatro vitórias em 18 jornadas.

Rui Almeida, de 47 anos, já esteve no comando da seleção olímpica da Síria (2010/12) e passou pelo Sporting (2012/13) e pelo Sporting de Braga (2013/14), como adjunto.

Salvio vai parar durante um mês

Tem sido uma época de azares para Salvio: vai parar pelo menos um mês, devido a uma luxação da articulação acromioclavicular do ombro direito, contraída no decorrer do dérbi, conta o “Record”.

Ronaldo: “Não sou hipócrita, esta história do fisco magoou-me”

Cristiano Ronaldo diz que não celebrou da mesma forma a quarta bola de ouro, prémio maior do mundo do futebol, atribuído anualmente pela revista "France Football". "Claro que me amargou o prazer de ganhar esta bola de ouro", disse em entrevista à revista na segunda-feira, logo a seguir à atribuição do prémio, referindo-se às suspeitas de evasão fiscal elevadas pela investigação Football Leaks, a cargo do consórcio de jornalistas European Investigative Collaborations (EIC), de que o Expresso faz parte.

Manchetes do dia

A Bola: “Dono da bola”. CR7 foi coroado pela quarta vez.

Record: “CR Tetra”. “Um dos melhores anos da minha vida”, garantiu o craque português.

O Jogo: “Oito anos no topo do mundo”. CR7 conseguiu mais do dobro dos pontos que Messi nas votações para a Bola de Ouro.