Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Bruno de Carvalho ameaçou plantel com cortes de salários e veto de saídas

Bruno de Carvalho ameaçou cortar salários aos jogadores caso a sucessão de resultados negativos se mantivesse, antes do jogo com o Belenenses

Expresso

Jose Carlos Carvalho

Partilhar

Os desaires do Sporting nas últimas semanas não caíram bem a Bruno de Carvalho. Com a liderança do campeonato a ficar cada vez mais distante e em jeito de puxão de orelhas, o presidente leonino teve uma reunião com o plantel do clube antes do jogo com o Belenenses para deixar alguns avisos, conta o “Correio da Manhã” este sábado.

Durante esse encontro, que decorreu no auditório da Academia do clube em Alcochete, Bruno de Carvalho ameaçou “cortar salários” aos jogadores caso a sucessão de resultados negativos se mantivesse, apurou o matutino. Foram feitas ainda outras ameaças: o presidente do Sporting disse aos jogadores que quem pensa em sair no mercado de janeiro fica, e inversamente, quem pensa estar seguro da sua posição dentro do plantel pode vir a sair.

Este encontro ocorreu no dia seguinte a vários membros da claque Juventude Leonina terem estado em Alcochete a falar com os jogadores, exigindo o título.

O “CM” confrontou o clube de Alvalade com as informações apuradas. “O Sporting não comenta”, foi a resposta obtida junto de Nuno Saraiva, diretor de comunicação dos leões.