Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Super-Ederson, o Barcelona foi goleado, Usain Bolt corre para a imortalidade e as palavras de Rui Vitória aos árbitros

O Paris Saint-Germain goleou o FC Barcelona por 4-0, em encontro da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões em futebol

Expresso

António Cotrim/LUSA

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta quarta-feira:

Paris Saint-Germain goleia FC Barcelona

O Paris Saint-Germain goleou na terça-feira o FC Barcelona por 4-0, em encontro da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões em futebol, disputado no Parques dos Príncipes, em Paris.

O argentino Ángel Di María foi a figura do encontro, ao marcar dois golos, aos 18 e 55 minutos, enquanto o alemão Julian Draxler, aos 40, e o uruguaio Edinson Cavani, aos 72, apontaram os outros tentos do 'onze' de Unai Emery.

Usain Bolt a caminhar para a imortalidade

“A imortalidade é ser o maior. A imortalidade é tudo para mim. Quando vejo as repetições das provas eu disputei no Rio [Jogos Olímpicos de 2016] e ouço o comentador a dizer 'agora é imortal', creio que foi o melhor comentário que ouvi a meu respeito”, disse Bolt aos jornalistas, à margem da cerimónia dos Prémios Laureus, 'os Óscares do desporto'.

O campeão olímpico dos 100 e 200 metros nos Jogos Pequim2008, Londres2012 e Rio2016, admitiu que “ser como Muhammad Ali é algo incrível, porque era o maior”.

"Não há melhor sensação que as pessoas me incluam na mesma frase da de Muhammad Ali", reconheceu Bolt, um dos nomeados dos Prémios Laureus para atleta do ano, juntamente com o futebolista português Cristiano Ronaldo.

Bruno de Carvalho pede frente a frente com presidente do Arouca

Sporting pediu à Liga de Clubes a realização de um frente a frente entre Bruno de Carvalho e Carlos Pinho, presidente do Arouca, conta a “TSF”. Este pedido vem na sequência dos incidentes ocorridos no túnel de Alvalade e da entrevista do presidente do Arouca à estação radiofónica. Carlos Pinho acusou Bruno de Carvalho de lhe ter cuspido e ter feito uma espera.

Ederson vê confirmada ausência em Braga devido a castigo

O Benfica viu confirmada a suspensão por um jogo do guarda-redes Ederson, expulso no jogo da 21.ª jornada da Liga frente ao Arouca, segundo o mapa divulgado na terça-feira pelo conselho de disciplina da Federação Portuguesa de futebol.

O guarda-redes brasileiro foi expulso aos 42 minutos, numa altura em que o Benfica já vencia por 2-0, tendo atingido um adversário já fora de área, e vai assim falhar a deslocação dos encarnados a Braga, no domingo, em jogo da 22.ª jornada da prova.

Além do mapa de castigos, o conselho de disciplina federativo dá conta, entre outras decisões, do arquivamento do processo de inquérito ao jogo Sporting da Covilhã-Freamunde, da primeira fase da Taça da Liga e disputado em 27 de julho de 2014.

Golo de Mitroglou dá vitória ao Benfica sobre Borussia Dortmund

Um golo do grego Kostas Mitroglou, aos 48 minutos, deu ao Benfica a vitória 1-0 sobre o Borussia Dortmund, em jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, disputado em Lisboa.

Depois de um nulo ao intervalo, Mitroglou aproveitou da melhor maneira um desvio de cabeça de Luisão, que cumpriu o jogo 500 ao serviço dos 'encarnados', para inaugurar o marcador da partida, marcada ainda pela excelente exibição do guarda-redes benfiquista Ederson, que defendeu, aos 58 minutos, uma grande penalidade apontada por Aubameyang.

O encontro da segunda mão está marcado para 08 de março, em Dortmund.

Conselho de Disciplina revela as palavras que tramaram Rui Vitória

“Parabéns, já conseguiste o que querias! Isto é uma vergonha!”. Estas foram as palavras por Rui Vitória disse ao árbitro Tiago Martins, após a derrota com o Moreirense (3-1), na meia-final da Taça da Liga, conta o “Jogo”.

Segundo o desportivo, há ainda outra frase que consta do relatório do jogo e que também conduziu à expulsão do treinador, já depois de terminada a partida: "Vieram para aqui tantos fazer o quê?", lê-se no acórdão.

Manchetes do dia

A Bola: “Super-homem”. Ederson faz exibição memorável.

Record: “Enormes”. Golo de Mitroglou e assistência de Luisão.

O Jogo: “Ederson total”. Aselhice alemã ajudou, Mitroglou foi letal.