Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Benfica deu quatro ao Belenenses, Mourinho foi eliminado da Taça de Inglaterra e Riquelme elogiou CR7

Juan Román Riquelme vê virtuosismo em Messi, mas também em Cristiano Ronaldo. “A Argentina sem Messi é uma equipa normal. Isso é lógico. É o melhor jogador do mundo. O mesmo seria o Real Madrid sem Cristiano Ronaldo”, disse

Expresso

Power Sport Images

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta terça-feira:

Benfica goleia Belenenses e mantém liderança da I Liga

O Benfica manteve a liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Belenenses, por 4-0, no jogo que encerrou a 25.ª jornada.

O português André Almeida (12 minutos), o grego Mitroglou (52), o argentino Salvio (60) e o brasileiro Jonas (90+1) marcaram os golos dos ‘encarnados’, que somaram a sexta vitória consecutiva no campeonato e mantiveram a liderança da prova, com 63 pontos, mais um do que o FC Porto, que ocupava provisoriamente o primeiro lugar.

O Belenenses, que não perdia há seis jogos, mantém-se na 10.ª posição, com 32 pontos.

Nacional e Paços de Ferreira empatam a um golo

O Nacional e o Paços de Ferreira empataram a um golo, em jogo da 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, afetado pelo vento forte que se fez sentir no Funchal.

Pedrinho colocou os pacenses em vantagem aos 32 minutos, num canto direto, mas o venezuelano Jhonder Cádiz conseguiu o empate aos 78.

O Paços de Ferreira, que não perde há quatro encontros, segue na 14.ª posição, com 26 pontos, enquanto o Nacional somou o 12.º jogo sem vencer e é 17.º e antepenúltimo, com 17 pontos, a três da zona de manutenção.

Nuno Espírito Santo quer acabar com quatro anos de invencibilidade da Juventus em casa

O treinador Nuno Espírito Santo acredita que o FC Porto pode acabar com quatro anos de invencibilidade da Juventus em casa na Liga dos Campeões de futebol, bem como tentar o apuramento para os quartos de final.

“(Esta invencibilidade) É o reconhecimento de que estamos diante de um grande adversário, uma grande equipa. Há muito tempo que não perde na sua casa. Mas também nos motiva saber que alguma vez há-de ser a primeira. Temos é de competir e jogar”, disse o técnico, na véspera da segunda mão dos oitavos de final da prova, para a qual parte com desvantagem de 2-0.

No seu novo estádio, inaugurado em 2011, sofreu apenas cinco derrotas e só uma equipa marcou os três golos que os 'dragões' precisam (se igualar o resultado da primeira mão, o jogo vai decide-se com prolongamento ou penáltis), o que dificulta ainda mais a dura missão portista.

Chelsea elimina Mourinho da Taça de Inglaterra

O Chelsea apurou-se para as meias-finais da Taça de Inglaterra de futebol, ao bater em Londres o Manchester United por 1-0, com o golo a ser apontado pelo francês Kanté, no início da segunda parte.

A equipa treinada por José Mourinho, que se apresentou em Stamford Bridge com uma postura marcadamente defensiva, ficou em inferioridade numérica aos 35 minutos, quando o espanhol viu o segundo amarelo aos 35 minutos, por entrada dura sobre Hazard.

Apesar do esquema muito fechado e agressivo do United, os 'blues' foram conseguindo algumas ocasiões, que de Gea ia anulando com classe.

Só o não conseguiu aos 51 minutos, quando N'Golo Kanté, servido por Willian, conseguiu um belo remate, a 25 metros da baliza da equipa vermelha.

O Chelsea é a quarta equipa a apurar-se para as 'meias' da Taça de Inglaterra, juntando-se a um grupo que já tinha o Manchester City e outros dois emblemas de Londres, Tottenham e Arsenal.

Nas meias-finais, o Chelsea joga contra o Tottenham, primeiro contra segundo da 'Premier League' em curso, e o Manchester City defronta o Arsenal, terceiro contra quinto.

“O Real Madrid sem Ronaldo seria uma equipa normal”

Juan Román Riquelme vê virtuosismo em Messi, mas também em Cristiano Ronaldo. “A Argentina sem Messi é uma equipa normal. Isso é lógico. É o melhor jogador do mundo. O mesmo seria o Real Madrid sem Cristiano Ronaldo”, disse, em declarações ao “Canal 13”.

Manchetes do dia

A Bola: “Olho por olho”. Àguia responde à altura e recupera liderança.

Record: “Venham mais quatro”. Benfica esquece o desastre frente ao Dortmund

O Jogo: “Cenário cor de Rosa”. Belenenses facilitou, o Benfica matou.