Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Ronaldo subiu três vezes ao palco, Petit é o novo treinador do Moreirense e Schweinsteiger está de saída do Manchester United

Petit vai substituir Augusto Inácio no comando técnico da equipa de futebol do Moreirense

Expresso

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta terça-feira:

Mundial2018: Seleção portuguesa concentrada em Cascais sem baixas de última hora

A seleção portuguesa de futebol, que defronta no sábado a Hungria em jogo de qualificação para o Mundial2018, concentrou-se na segunda-feira em Cascais sem baixas de última hora nos 25 jogadores convocados por Fernando Santos.

Todos os jogadores cumpriram a hora limite das 23:30 e compareceram na unidade hoteleira em que a comitiva lusa vai ficar instalada até à próxima segunda-feira, dia em que viaja para a Madeira, onde no dia seguinte tem um jogo particular com a Suécia.

Grande parte dos convocados, incluindo o capitão Cristiano Ronaldo, esteve horas antes na Gala Quinas de Ouro, organizada pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), que decorreu no Centro de Congressos do Estoril.

“Foi um ano de sonho” - Cristiano Ronaldo

O capitão da seleção portuguesa de futebol, Cristiano Ronaldo, considerou 2016 "um ano de sonho" para Portugal, depois de receber o prémio da equipa do ano na Gala ‘Quinas de Ouro’, realizada no Centro de Congressos do Estoril.

Ao lado de Pepe e Bruno Alves no palco da cerimónia organizada pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o internacional português lembrou também que pouca gente acreditava que a seleção conseguisse conquistar o Euro2016, em França, como veio a suceder.

"Esta noite é para agradecer não só aos jogadores, aos treinadores, mas também a todos os portugueses. Agradeço ainda ao ‘mister’ Fernando Santos, que tornou isto possível", afirmou, acrescentando: "Ninguém acreditava em nós. Há pessoas aqui que não acreditavam em nós. Não éramos os favoritos, mas este prémio é prova de que nem sempre ganham os melhores".

FC Porto de regresso aos treinos no Olival sem oito internacionais

O FC Porto regressou na segunda-feira ao trabalho, após o assalto falhado à liderança da I Liga de futebol, no empate a 1-1 frente ao Vitória de Setúbal, com uma sessão marcada pela ausência de oito internacionais.

De acordo com o sítio dos ‘dragões’, Danilo e André Silva (seleção A), Rúben Neves e Diogo Jota (seleção sub-21), Rui Pedro (seleção sub-19), Herrera e Layún (México) e Maxi (Uruguai) falharam a sessão por se encontrarem envolvidos em compromissos internacionais.

Sem qualquer jogador entregue aos cuidados do departamento médico, o treinador Nuno Espírito Santo chamou ao treino do plantel principal o guarda-redes da equipa de sub-19 Ricardo Silva.

Luís Filipe Vieira recorre para Tribunal Central Administrativo Sul

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, recorreu da decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), que confirmou o castigo aplicado pelo conselho de disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), anunciaram os 'encarnados' no seu sítio oficial.

"A apresentação deste recurso junto do Tribunal Central Administrativo Sul, que tem desde logo a virtualidade de suspender a sanção aplicada, visa a reposição de uma situação de exercício pleno de direitos e a reparação de uma situação injusta e que tem vindo a penalizar de forma reconhecidamente singular no panorama do futebol nacional o presidente do Sport Lisboa e Benfica”, pode ler-se na nota.

O caso remonta ao final do encontro da segunda jornada da I Liga de futebol, a 21 de agosto de 2016, que o Benfica empatou 1-1 em casa com o Vitória de Setúbal, e teve origem em palavras proferidas por Luís Filipe Vieira e dirigidas a João Ferreira, membro do conselho de arbitragem da FPF.

Petit substitui Augusto Inácio no comando técnico do Moreirense

Petit vai substituir Augusto Inácio no comando técnico da equipa de futebol do Moreirense, confirmou à agência Lusa o presidente do emblema minhoto Vítor Magalhães.

O ex-treinador do Tondela assinou com o conjunto de Moreira de Cónegos, 16.º classificado da I Liga de futebol, após 26 jornadas, até ao final da temporada, com mais uma de opção, e inicia funções na terça-feira.

Já a rescisão com Augusto Inácio, foi amigável e por razões pessoais.

José Mourinho apoia Fernando Oliveira à presidência do Vitória de Setúbal

José Mourinho, treinador do Manchester United, declarou publicamente o seu apoio à recandidatura de Fernando Oliveira, líder da Lista A, à presidência do Vitória de Setúbal nas eleições de sexta-feira.

O sócio dos vitorianos, nascido em Setúbal há 54 anos, explicou, num comunicado divulgado pela sua assessoria de comunicação, as razões da sua tomada de posição.

“Há alguns anos, como muitos outros vitorianos, temi pelo futuro do clube. Agora, sei que ele existe. Por isso é que apoio a continuidade do atual presidente. Para que consiga terminar a sua obra e com isso deixe o Vitória mais preparado e mais desenvolvido”, declarou.

Schweinsteiger de saída do Manchester United

Schweinsteiger chegou à acordo com o Chicago Fire, equipa que atua na Major League Soccer (MLS), nos Estados Unidos da América. Numa nota publicada no site oficial, o Manchester United adianta que a transferência já só está dependente da aprovação do internacional alemão nos exames médicos e da obtenção do visto de trabalho.

“Estou triste por deixar muitos amigos no Manchester United. Mas estou grato ao clube por me ter dado a oportunidade de aceitar o desafio lançado pelo Chicago Fire. Gostei de trabalhar com o treinador, jogadores e staff e desejo-lhes os maiores sucessos para o futuro”, disse Schweinsteiger, ao portal de comunicação do clube.

Manchetes do dia

A Bola: “A sério? O FC Porto empatou?”. Ederson foi surpreendido com empate dos dragões.

Record: “Benfica ataca FPF e Liga”. Encarnados pedem respeito e denunciam impunidade no futebol.

O Jogo: “Serviu-nos de lição”. Filipe fala sobre o empate.