Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Benfica pode deixar de ceder Luz para jogos da selecção

Num vídeo disponível no youtube, é possível ver e ouvir cânticos de uma claque da selecção – integrando elementos dos SuperDragões e da Juve Leo – contra o Benfica, clube que ia acolher o jogo da seleção.

Expresso

PATRÍCIA DE MELO MOREIRA / AFP / Getty Images

Partilhar

O Benfica pode deixar de ceder o estádio da Luz para jogos de seleção nacional de futebol, em protesto contra os insultos de que foi alvo por uma claque da seleção no caminho para o estádio, que integrava elementos dos SuperDragões (FC Porto) e da Juve Leo (Sporting), antes do jogo deste sábado com a Hungria, conta “A Bola” esta segunda-feira.

Portugal ganhou à Hungria por 3-0, no sábado à noite no Estádio da Luz, com dois golos de Cristiano Ronaldo e um de André Silva. Se dentro de campo todos os portugueses estiveram em uníssono a apoiar a equipa das quinas, antes do jogo houve outro tipo de rivalidades à mostra.

Num vídeo disponível no youTube, é possível ver e ouvir cânticos de uma claque da seleção – com elementos dos SuperDragões e da Juve Leo – contra o clube em cujno estádio ia decorrer o jogo.

“Já perto do estádio, sensivelmente 30 elementos, que conotei com a claque benfiquista No Name Boys, começaram a insultar-nos e houve, da parte de alguns elementos nossos, uma reação. São coisas normais, não foi possível controlá-las”, reage Fernando Madureira, líder da claque Super Dragões, em declarações à “ Bola”. Além destas funções, Madureira apresenta-se também como lider de uma recém-formada claque de apoio à seleção

“Dentro do estádio, em nenhum momento, houve qualquer cântico contra o Benfica”, acrescenta Fernando Madureira.

Segundo “A Bola”, o Benfica lamenta que a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) não se tenha demarcado dos cânticos desta claque. O clube quer que federação explique se os elementos da claque são pagos e que proteção têm da FPF, caso contrário deixará de ceder o estádio para eventos desportivos da seleção.