Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Abel Silva afasta acusações de corrupção, Carlos Xistra vai arbitrar o clássico e Espírito Santo assume que o Porto não pode perder pontos

Para o treinador do FC Porto, clássico’ "não vai ser decisivo, mas será, com toda a certeza, determinante" para o título

Expresso

ESTELA SILVA/ Lusa

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta sexta-feira:

Abel Silva afasta acusações de corrupção

Suspeito de corrupção e de ter viciado jogos de futebol da II liga, juntamente com elementos da claque dos Super Dragões, Abel Silva, ex-jogador do Benfica mas mais conhecido por o “herói de Riade”, defende-se das acusações de que é alvo, em entrevista ao “Record” esta sexta-feira.

Segundo ex-futebolista, o seu único erro foi ter aceite 30 mil euros de um investidor. Quando era diretor desportivo do 1º de Dezembro, um grupo de pessoas contactou-o, em nome de um investidor que não revela o nome, para me lhe apresentar um projeto.

Leia o resumo da entrevista AQUI.

Carlos Xistra vai arbitrar o "clássico"

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou o árbitro Carlos Xistra para o duelo entre Sport Lisboa e Benfica e FC Porto, agendado para as 20h30 de sábado, no estádio da Luz.

Diretor do Estoril Open destaca melhor cartaz de sempre

João Zilhão está muito contente por ter conseguido convencer alguns dos mais carismáticos tenistas mundiais a jogar em Portugal.

"Estamos muito contentes com o quadro, sem dúvida. Conseguimos convencer alguns dos mais carismáticos jogadores do circuito ATP a vir a Portugal. Claramente, esta é a edição que apresenta o quadro mais forte. Estamos muito contentes também por termos batido a lista de inscritos dos outros dois torneios - Istambul e Munique - que se realizam esta semana", salientou o diretor do Estoril Open, na conferência de imprensa de apresentação do torneio, que se realizou na quinta-feira, na Cidadela de Cascais.

João Zilhão manifestou a sua satisfação pela sustentabilidade que o torneio, que vai para a terceira edição, tem tido, corroborado por um cartaz de 'estrelas', no qual pontificam o australiano Nick Kyrgios, o argentino Juan Martín del Potro, o francês Richard Gasquet e o português João Sousa.

Nuno Espírito Santo admite que "FC Porto está impossibilitado de perder pontos"

O treinador do FC Porto, Nuno Espírito Santo, admitiu na quinta-feira que os ‘dragões’ estão "impossibilitados de perder pontos" na visita ao Benfica, no sábado, em jogo da 27.ª jornada da I Liga, tal como em todos os jogos.

O técnico considera que o ‘clássico’ "não vai ser decisivo, mas será, com toda a certeza, determinante", deixando claro que a equipa ‘azul e branca’ está motivada para alcançar os três pontos.

João Pinheiro coloca lugar na comissão arbitral da Liga à disposição

O advogado indicado pelo Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) para a renovada Comissão Arbitral (CA) da Liga colocou hoje o lugar à disposição, após críticas à sua idoneidade.

“Porque acima de tudo entendo que deve ser preservada a imagem de qualquer órgão de que faça parte, apresento ao SJPF e à Liga de clubes imediata disponibilidade para renunciar ao cargo que assumi, caso qualquer uma das instituições considere que a controvérsia gerada com a minha designação e tomada de posse afete o funcionamento da CA”, justificou João Pinheiro, em comunicado divulgado pelo SJPF.

Em causa, as reações contrárias à sua tomada de posse como ‘árbitro’ da CA, relacionadas com comentários que João Pinheiro, assumido sócio do Benfica, desde 1979, produziu na sua página pessoal do facebook, em momento anterior ao início de funções.

Detidos na operação 'Jogo Duplo' em liberdade, mas futebolistas ficam suspensos

Os seis detidos no âmbito da operação 'Jogo Duplo', que investiga viciação de resultados no futebol, saíram em liberdade, mas os cinco jogadores ficaram suspensos de jogar nos campeonatos nacionais de futebol, disse à agência lusa fonte judicial.

Bruno Mendes, membro da claque Super Dragões, afeta ao FC Porto, terá de pagar uma caução de 5.000 euros nas próximas duas semanas, tendo a juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decretado ainda que os arguidos fiquem proibidos de contactar entre si ou com testemunhas do processo.

Fonte policial disse anteriormente à Lusa que, à época dos factos, três jogadores representavam o Oriental, um o Penafiel e outro o Académico de Viseu, acrescentando que as ações investigadas dizem respeito sobretudo à época 2014/15, mas também à temporada 2015/16, durante as quais estes clubes alinharam na II Liga de futebol.

Manchetes do dia

A Bola: “Guerra dos bilhetes agita clássico”. Existe a ameaça que 1700 bilhetes de sócios para o Benfica estejam nas mãos de adeptos portistas.

Record: “O meu erro foi ter recebido 30 mil euros”. Abel Silva em entrevista ao desportivo.

O Jogo: “Vamos à Luz controlar e dominar”. Promessa de Nuno Espírito Santo.