Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Jesus quer ser amigo de Vitória, o Vitória de Guimarães está no Jamor e o Benfica aponta baterias à final da Taça de Portugal

O Vitória de Guimarães apurou-se para a final da Taça de Portugal em futebol, apesar de ter perdido em casa do Desportivo de Chaves por 3-1

Expresso

JOS\303\211 COELHO

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta quarta-feira:

O Vitória de Guimarães é primeiro finalista da Taça de Portugal

O Vitória de Guimarães apurou-se para a final da Taça de Portugal em futebol, apesar de ter perdido em casa do Desportivo de Chaves por 3-1, em jogo da segunda mão das meias-finais.

Os flavienses ainda chegaram a anular a desvantagem de 2-0 trazida da primeira mão e chegaram aos 3-0, com golos de Perdigão (01 minuto), Bressan (33) e Nuno André Coelho (63), mas os vimaranenses estiveram pouco tempo em desvantagem na eliminatória, com Marega a reduzir para 3-1 dois minutos depois (65), colocando a sua equipa em vantagem devido aos golos marcados fora.

Na final, o Vitória, que viu ainda o seu guarda-redes Douglas defender uma grande penalidade nos instantes finais da partida, vai defrontar o vencedor da eliminatória entre Benfica e Estoril-Praia, cuja segunda mão se disputa na quarta-feira no estádio da Luz, e na qual os 'encarnados' estão em vantagem, depois de terem vencido na primeira mão por 2-1.

Poderão Jorge Jesus e Rui Vitória ser amigos?

Na terça-feira, Jorge Jesus recebeu das mãos de Toni, ex-treinador do Benfica, a homenagem da Associação Nacional de Treinadores de Futebol pelos seus mais de 500 jogos no principal escalão do futebol nacional,conta o “Record”.

Neste evento, o treinador do Sporting aproveitou para explicar as suas técnicas, os seus “mind games”, e aproximar-se de Rui Vitória, treinador que sempre foi muito criticado por Jesus.

“Muitas vezes olham para mim e sei que não percebem, mas quando estás a treinar um grande clube e lutas pelo título, tens de fazer 'mind games'”, disse.

“São momentos de grande intensidade e a importância da comunicação é brutal. Já tive 'mind games' com o Vítor Pereira e o André Villas-Boas e hoje somos amigos. Tenho a certeza que amanhã serei amigo do Rui Vitória”, garantiu.

Ederson, Eliseu e Mitrogolou são 'baixas' do Benfica para 'assalto' ao Jamor

Os futebolistas Ederson, Eliseu e Mitroglou vão falhar o jogo da segunda mão da Taça de Portugal com o Estoril-Praia, revelou o treinador do Benfica, que lançou como objetivo o triunfo como forma para chegar ao Jamor.

Segundo Rui Vitória, os jogadores ressentiram-se de mazelas contraídas frente ao FC Porto (empate 1-1), no jogo da última jornada (27.ª), motivo pelo qual será feita uma rotação no 'onze' inicial.

Treinadora Helena Costa assume cargo de conselheira e observadora da UEFA

A treinadora Helena Costa assumiu o cargo de conselheira técnica e observadora da UEFA para o futebol jovem de elite, confirmou o organismo à agência Lusa.

“Helena Costa é consultora para a UEFA do futebol jovem de elite e seguirá as federações da Bulgária, Eslovénia, Inglaterra e Ilhas Faroé”, explicou a UEFA à agência Lusa.

A treinadora chegou a orientar as seleções femininas do Qatar e do Irão e também foi observadora do Benfica e dos escoceses do Celtic, tendo sido ainda treinadora do clube francês Cermont Foot, da segunda divisão francesa, mas não chegou a efetuar qualquer jogo oficial.

FC Porto sem Rui Pedro no início da preparação para receção ao Belenenses

O FC Porto iniciou a preparação da receção de sábado ao Belenenses privado do jovem Rui Pedro, em tratamento a problema físico não impeditivo para o desafio da 28.ª jornada da Liga de futebol.

O avançado, que não foi convocado para o desafio da Luz (1-1 com o Benfica, no sábado) realizou tratamento a uma contusão na coxa esquerda.

O guarda-redes Mouhamed Mbaye, da equipa B do FC Porto, integrou os trabalhos da equipa principal orientados pelo técnico Nuno Espírito Santo.

Futebolista Ruben Amorim decide terminar carreira, após rescisão com Benfica

O internacional português Ruben Amorim anunciou a decisão de colocar um ponto final na sua carreira de futebolista, depois da rescisão do contrato laboral que o ligava ao Benfica.

Num curto comunicado, Ruben Amorim, tricampeão nacional pelos ‘encarnados’ e 14 vezes internacional pela seleção portuguesa de futebol, que representou no Mundial de 2010 e 2014, fala de uma “decisão difícil, mas ponderada”.

“Gostaria de vos informar que, após rescisão do contrato laboral que me vinculava ao Sport Lisboa e Benfica, decidi terminar a minha carreira desportiva como jogador”, diz o comunicado da assessoria de imprensa do jogador.

Pedro Emanuel diz que eliminar Benfica “é tarefa difícil, mas não impossível”

O treinador do Estoril-Praia, Pedro Emanuel, alimentou o sonho de conseguir o apuramento dos ‘canarinhos’ para a final da Taça de Portugal de futebol, sem deixar de reconhecer que as possibilidades contra o Benfica "são reduzidas".

Na conferência de imprensa realizada no Estádio António Coimbra da Mota, o técnico estorilista lembrou que a sua equipa parte em desvantagem (2-1) para o jogo da segunda mão, no Estádio da Luz, na quarta-feira, mas frisou que esta "é uma prova especial" e que "o sonho comanda a vida".

Marco Gonçalves critica dirigentes do Canelas

Marco Gonçalves, o jogador do Canelas que, no domingo, agrediu o árbitro José Rodrigues aos 02 minutos do encontro com o Rio Tinto, da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto, voltou a pedir desculpa e criticou os dirigentes do clube gaiense.

Nas redes sociais, o futebolista voltou a mostrar-se arrependido pelos atos do passado fim de semana que levaram o árbitro ao hospital com o nariz fraturado, mas criticou também a postura dos dirigentes do Canelas, nomeadamente o presidente, Bruno Canastro, a quem acusa de não o ter informado da intenção de o afastar do clube.

"Só para acabar com esta cena que infelizmente aconteceu: arrependo-me de tudo. Peço desculpa, principalmente ao árbitro e à família. Mas afirmo aqui que estes dirigentes do Canelas não podem falar assim tão mal de mim, porque nunca me disseram na cara que me dispensaram, assim como nunca disseram que tive culpa em tudo o que se passou. Sou culpado, sim. E assumo. Agora, fazerem-se de santinhos e mandarem para mim tudo o que se passou... isso não admito. Sou culpado pelas minhas atitudes, mas não me venham tapar os olhos. Assumo o que fiz, sou mais homem que vocês, cobardes", escreveu no Marco Gonçalves na sua página no Facebook.

Manchetes do dia

A Bola: “O outro 36”. Benfica com caras novas em busca de final simbólica

Record: “Mão estendida”. Jesus quer voltar a ser amigo de Rui Vitória

O Jogo: “Felipe será 100% dragão”. FC Porto vai acionar cláusula de compra do passe total do jogador