Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Tetra à vista, diz o Benfica, Bruno de Carvalho está chateado e Pablo Carreño Busta é o novo campeão do Estoril Open

Bruno de Carvalho levou a mãe para ver o jogo do Sporting com o Belenenses… mas o resultado não abonou a seu favor. A derrota por 3-1 deixou o presidente dos leões triste pelo resultado e pela exibição.

Expresso

MIGUEL RIOPA

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta segunda-feira:

Ali esteve Jiménez, aí está Jiménez

Há um ano, o avançado mexicano marcou o único golo do Benfica em casa do Rio Ave. Agora, com 12 dias, uma jornada e dois minutos de diferença, fez o mesmo, os encarnados ganharam e podem ser tetracampeões já no próximo sábado.

A análise do jogo para ler AQUI na Tribuna.

Bruno de Carvalho e a derrota frente ao Belenenses: “Para mim, chega”

Bruno de Carvalho levou a mãe para ver o jogo do Sporting com o Belenenses… mas o resultado não abonou a seu favor. A derrota por 3-1 deixou o presidente dos leões triste pelo resultado e pela exibição.

“O que posso garantir é que, enquanto presidente, para mim chega. Tudo tem de ser diferente na próxima época. O Sporting é vencer, não é dar desculpas”, apontou Bruno de Carvalho em declarações à “Sporting TV” no final do jogo.

Joaquim Evangelista responsabiliza os 'grandes' pela crispação no futebol

O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), Joaquim Evangelista, responsabilizou os clubes ‘grandes’ como pela “insustentável” crispação na modalidade, lamentando a “ausência de uma liderança forte superior” que os acalme.

“Acho que os três ‘grandes’ têm uma responsabilidade especial. Os dirigentes, por omissão ou ação, têm sido os principais responsáveis porque através do seu exemplo podiam, muitas das vezes, ajudar a minimizar os danos. Podiam convocar os adeptos para outro tipo de atitude, mas, infelizmente, o desporto está associado a resultados e isso obviamente traduz-se muitas vezes em constrangimentos para os próprios”, criticou.

Marega garante sétimo triunfo consecutivo ao Vitória de Guimarães

O Vitória de Guimarães somou o sétimo triunfo consecutivo na I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Arouca, por 1-0, na 32.ª jornada, graças a um golo de Marega.

O avançado maliano marcou aos 76 minutos o único golo do encontro, com os vimaranenses, quartos classificados, a somarem uma inédita sétima vitória consecutiva e alcançarem 62 pontos, igualando o máximo da história do clube, conseguido em 1995/96.

O Arouca, que somou o terceiro encontro consecutivo sem vencer, segue no 14.º posto, com 32 pontos, a um de garantir matematicamente a manutenção.

Freamunde desce na II Liga, Fafe e Vizela vão, pelo menos, disputar o 'play-off'

O Freamunde juntou-se ao Olhanense nas equipas despromovidas ao Campeonato de Portugal de futebol, enquanto Fafe e Vizela já sabem que terão, pelo menos, de disputar o ‘play-off’ de manutenção na II Liga.

O Freamunde, 21.º e penúltimo classificado, foi derrotado pelo já promovido Portimonense (2-1), na 40.º jornada, e regressa aos campeonatos não profissionais ao fim de três temporadas na II Liga.

O Fafe, que conseguiu uma reviravolta em casa do Gil Vicente (3-1), e o Vizela, que perdeu em casa com o Cova da Piedade (3-2), já não têm possibilidade de garantir a manutenção diretamente e vão ter, pelo menos, de disputar o ‘play-off’ de manutenção (entre o 17.º e o 18.º da II Liga e os segundos classificados de cada uma das séries de subida do Campeonato de Portugal).

Tondela continua na corrida à manutenção na I Liga, ao bater Vitória de Setúbal

O Tondela manteve-se na corrida à manutenção na I Liga portuguesa de futebol, ao receber e vencer o Vitória de Setúbal por 2-1, em encontro da 32.ª e antepenúltima jornada.

Murilo, aos 28 minutos, e Jaílson, aos 42, de grande penalidade, apontaram os tentos a equipa da casa, que atuou com 10 desde os 61, por expulsão do autor do primeiro golo, enquanto Edinho faturou para os forasteiros, aos 83.

A formação comandada por Pepa passou a somar 26 pontos, mantendo-se no 17.º lugar, a três pontos do Moreirense, 16.º, que tem vantagem no confronto direto, enquanto o Vitória de Setúbal manteve-se em 11.º, com 35.

Tenista luso João Sousa eliminado em Madrid pelo italiano Fabio Fognini

O tenista português João Sousa, 36.º jogador mundial, foi eliminado na ronda inaugural do torneio Masters 1.000 de Madrid, em terra batida, ao perder com o italiano Fabio Fagnini, 29.º.

João Sousa, que já tinha caído ao primeiro embate no Estoril Open, perdeu com o transalpino em dois ‘sets’, por um duplo 6-4, num embate em que cedeu dois dos quatro pontos de ‘break’ que enfrentou e não beneficiou de nenhum.

Fognini bateu o jogador português pela quinta vez, em seis confrontos diretos, e segunda em 2017, depois da vitória na ronda inaugural do Masters 1.000 de Miami.

Belenenses vence Sporting por 3-1, em Alvalade

O Belenenses venceu o Sporting por 3-1, em encontro disputado no Estádio José Alvalade, em Lisboa, colocando um ponto final numa série de sete derrotas consecutivas na I Liga portuguesa de futebol.

A formação ‘leonina’, que se despediu matematicamente do título, adiantou-se aos 52 minutos, por Bruno César, mas os ‘azuis’ responderam, com tentos de Abel Camara, aos 65, de penálti, Dinis Almeida, aos 84, e Gonçalo Silva, aos 88.

Na classificação, o Sporting manteve-se no terceiro posto, com 67 pontos, contra 75 do líder Benfica (jogo hoje em Vila do Conde, com o Rio Ave) e 73 do FC Porto, enquanto o Belenenses continua em 13.º, agora com 35.

Miguel Oliveira terceiro na corrida de Moto2 do Grande Prémio de Espanha

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) foi terceiro classificado na corrida de Moto2 do Grande Prémio de Espanha, quarta prova do Mundial de motociclismo de velocidade, em Jerez da la Frontera, conquistada pelo espanhol Alex Marquez (Kalex).

Miguel Oliveira manteve-se, assim, no terceiro lugar do campeonato, com 59 pontos, agora a 16 do líder, o italiano Franco Morbidelli (Kalex), que caiu a 17 voltas do fim e falhou a hipótese de somar o quarto triunfo consecutivo.

O piloto luso pontuou em todas as provas de 2017, pois tinha sido quarto no Qatar, segundo na Argentina e sexto no Grande Prémio das Américas, em Austin.

O espanhol Pablo Carreño Busta é o novo campeão do Estoril Open

O tenista espanhol Pablo Carreño Busta, atual 21º do ranking mundial e primeiro cabeça de série do torneio, é o novo campeão do Estoril Open. Carreno Busta venceu o luxemburguês Gilles Muller por 6-2, 7-6 (7-5), o 28º do ranking mundial, numa partida que durou 1h23.

Manchetes do dia

A Bola: “Está quase”. Benfica pode ser campeão frente ao Guimarães

Record: “Cheira a festa”. Vitória na próxima jornada vale tetracampeonato

O Jogo: “Jiménez acende a luz”. Encarnados vencem com golo do mexicano