Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Coentrão pagou 1,7 milhões de euros ao fisco espanhol

Coentrão era acusado de falta da declaração de rendimentos e desvio de verbas de direitos de imagem para paraísos fiscais

Expresso

Se dependesse de Rogério Casanova, Fábio Coentrão estaria agora a caminho da Rússia (o lateral não foi convocado por Fernando Santos)

Felipe Oliveira/Getty

Partilhar

Fábio Coentrão apresentou-se esta segunda-feira no Tribunal de Instrução de Pozuelo de Alarcón, em Madrid, a depor como arguido no âmbito do processo de que é alvo pelo Ministério Público espanhol por evasão fiscal, avança o jornal espanhol “AS”.

O jogador do Real Madrid - que ao tudo indica que irá alinhar pelo Sporting na próxima época - pagou 1,7 milhões de euros para regularizar a sua situação perante o Fisco.

Coentrão era acusado de falta da declaração de rendimentos e desvio de verbas de direitos de imagem para paraísos fiscais, no caso uma offshore sediada em Dublin.

Esta empresa está sob suspeita das autoridades espanholas e envolve outros futebolistas representados pelo agente Jorge Mendes, como Falcão ou Cristiano Ronaldo.