Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

André Moreira está bloqueado (para já), William Carvalho e Adrien podem sair e Aboubakar quer jogar em Inglaterra

Vicent Aboubakar, jogador do FC Porto que esteve cedido ao Besiktas na última época, recebeu uma proposta do Swansea

Expresso

Miguel Vidal

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta segunda-feira:

André Moreira vem… mas a título de empréstimo

Ao contrário do que tinha falado, André Moreira deverá vir para o Benfica por empréstimo do Atlético Madrid. Segundo o “Record”, o guarda-redes de 21 anos vai renovar com o Atlético Madrid e, só depois, a cedência ao Benfica poderá ficar fechada.

“Ainda não está nada fechado e, a fechar, será por empréstimo. O que falta é renovar primeiro com o jogador e depois então fechar a operação com o Benfica”, disse fonte do Atlético ao desportivo.

Aboubakar não tem olhos para Portugal

Vicent Aboubakar, jogador do FC Porto que esteve cedido ao Besiktas na última época, recebeu uma proposta do Swansea e estará interessado em rumar ao futebol inglês.

“O Swansea já fez uma proposta. Falei com o meu empresário e já lhe disse que não quero perder esta oportunidade. O meu sonho é jogar na Premier League”, disse o jogador, segundo o jornal turco “Hurriyet”.

William Carvalho e Adrien podem sair do Sporting

Más notícias para Jorge Jesus. O Sporting pode perder duas das suas maiores referências.

William Carvalho, segundo a “Bola”, deverá rumar a Inglaterra. Tanto o West Ham como o Manchester City já mostraram interesse. Esta semana deverão surgir propostas concretas. Decisivo para a saída do médio terá sido a prestação do jogador na Taça das Confederações.

Adrien Silva, por sua vez, também deverá rumar a Inglaterra e ao Everton. De acordo com o “Record”, o clube britânico já deverá ter formalizado uma proposta aos leões de 25 milhões de euros. Contudo, Bruno de Carvalho quer aumentar a fasquia e chegar aos 30 milhões.

Tour: Rigoberto Urán vence nona etapa, Froome segue líder

O colombiano Rigoberto Urán (Cannondale-Drapac) venceu a nona etapa da 104.ª Volta a França em bicicleta, na chegada a Chambéry, com Chris Froome (Sky), terceiro, a conservar a liderança da geral.

O colombiano, de 30 anos, cortou a meta em primeiro ao fim de 05:07.22 horas, depois de uma chegada ao ‘sprint’ entre o grupo dos favoritos, tendo a organização que recorrer ao ‘photo finish’ para estabelecer a vitória, à frente do francês Warren Barguil (Sunweb), segundo, e o camisola amarela Froome no último lugar do pódio.

Na segunda-feira, o pelotão cumpre um dia de descanso depois da etapa de hoje, que ligou Nantua a Chambéry em 181,5 quilómetros, atravessando uma ‘trilogia’ de subidas de categoria especial que provocou alterações nos primeiros lugares da geral.

Valtteri Botas, da Mercedes, vence Grande Prémio da Áustria

O piloto finlandês Valtteri Botas (Mercedes), que partiu do primeiro lugar da grelha, venceu o Grande Prémio da Áustria, nona prova do Mundial de Fórmula 1, no circuito Red Bull Ring, em Spielberg.

Botas, que venceu a segunda corrida da carreira, aguentou a pressão final do alemão Sebastian Vettel (Ferrari), que terminou em segundo lugar, com o pódio a ser completado pelo australiano Daniel Ricciardo (Red Bull).

No Mundial, Vettel soma agora 171 pontos, mais 20 do que o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que terminou hoje na quarta posição.

Manchetes do dia

A Bola: “Como se fosse hoje”. O orgulho da conquista do Euro2016

Record: “Braço de Ferro”. André Moreira aguarda por entendimento entre os dois clubes

O Jogo: “Trancas à porta e caça ao golo”. A primeira semana de treinos do FC Porto

Partilhar