Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Fernando Gomes: “Estaremos de regresso à Rússia” para o mundial

Segundo o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, parte do sucesso da seleção nos últimos anos está no desempenho da própria federação

Expresso

Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol

Foto Luís Barra

Partilhar

Faz um ano esta segunda-feira que seleção nacional, com um golo de Eder, conquistou o seu primeiro título europeu. Depois de uma passagem aquém das expectativas pela Taça das Confederações, Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, diz, em entrevista ao “Jornal de Notícias”, estar confiante no futuro da equipa portuguesa.

“Confiamos que em junho do próximo ano estaremos de regresso à Rússia” para o mundial de futebol de 2018, disse ao matutino.

Segundo Fernando Gomes, parte do sucesso da seleção nos últimos anos - em 2012, por exemplo, chegou às meias finais com a Espanha - está no desempenho da própria federação. “O desempenho é a maior prova do trabalho sério e muito competente da FPF”, disse.

Na memória do dia 10 de julho de 2016, diz o presidente da Federação, ficou o remate de Eder. “No momento que confirmou a nossa vitória, abri os braços para o céu e abracei a minha mulher”, lembrou.