Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Disse que se ia embora, mas já não vai. Aboubakar: “O mais importante é a equipa, o coletivo. Vamos procurar ganhar títulos”

O avançado do FC Porto, Vincent Aboubakar, quer que “toda a gente esteja feliz”. Por isso, vai ficar

Expresso

Partilhar

Esteve emprestado ao Besiktas na última épioca, recebeu uma proposta de Inglaterra e assumiu publicamente que tinha mesmo intenções de sair. Mas agora voltou tudo à estaca zero: Vincent Aboubakar voltou aos treinos com os dragões esta terça-feira e disse querer títulos - pelo FC Porto.

O avançado do FC Porto quer que “toda a gente esteja feliz”. Com o seu regresso e juras de lealdade ao FC Porto, Sérgio Conceição terá ficado contente - ainda hoje o “Jogo” revelava que o treinador ia tentar manter o avançado em Portugal.

“O mais importante é a equipa, o coletivo. Vamos procurar ganhar títulos para que toda a gente esteja feliz no final da temporada”, disse Aboubakar, no final do treino desta manhã, em declarações ao site oficial do clube.

O internacional camaronês, de regresso à cidade invicta depois de um ano na Turquia, foi apresentado a Sérgio Conceição e terá ficado impressionado. “Não o conheçia pessoalmente, conhecia-o de nome, mas hoje tive a oportunidade de fazer esse conhecimento de forma direta. As impressões que tive é que se trata de um treinador muito, muito exigente, o que é muito importante para a evolução da equipa”, disse.