Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Circuito de negócios de Jorge Mendes está a ser investigado pelo Fisco

A Gestifute já confirmou a inspeção do Fisco que está a decorrer e garantiu que irá colaborar com as autoridades com a “transparência de sempre”

Expresso

© Stefan Wermuth / Reuters

Partilhar

A Autoridade Tributária está a investigar a Gestifute, empresa de Jorge Mendes, o agente de vários futebolistas de renome que nos últimos meses se viram envolvidos em escândalos financeiros e acusações de fugas ao Fisco. Esta notícia é avançada pelo “Jornal de Notícias” esta quarta-feira .

Esta acção decorre no âmbito de uma investigação europeia ao setor do futebol. A Gestifute confirmou ao matutino a inspeção do Fisco que está a decorrer e garantiu que irá colaborar com as autoridades com a “transparência de sempre”.

Segundo o matutino, estão em causa os negócios levados a cabo pelo empresário português nos últimos três anos, em Portugal:transferências de futebolistas, equipas técnicas e gestão das respectivas fortunas; ao todo, treze clubes do primeiro escalão da liga portuguesa estarão a ser escrutinados.

“Tudo o que tem a ver com Jorge Mendes é suspeito”, disse fonte da Autoridade Tributária ao “JN”.

Em junho deste ano, Radamel Falcão foi acusado de crimes fiscais pelo Fisco espanhol. O jogador terá apontado Jorge Mendes como o cérebro de um esquema que passava pela criação de sociedades offshore para desviar das finanças as receitas de direitos de imagem do jogador. Jorge Mendes negou as acusações, mas ainda está a ser investigado em Espanha.

As autoridades portuguesas estão, neste momento, a trabalhar em estreita colaboração com Espanha para verificar se os esquemas apontados ao empresário foram também usados por jogadores e treinadores que atuam ou atuaram em Portugal nos últimos anos.