Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Sérgio Conceição dá lustro à prata da casa, Benfica pondera recorrer do acordão do processo Apito Final e a magia de Federer

Roger Federer chegou ao seu oitavo título em Wimbledon. Um record épico, claro

Expresso

MANUEL DE ALMEIDA

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta segunda-feira:

Federer, aquele fenómeno

O tenista suíço Roger Federer tornou-se no domingo no recordista de vitórias em Wimbledon, ao conquistar o seu oitavo título na relva londrina, com um triunfo sobre o croata Marin Cilic, em três 'sets'.

Seis meses depois de se sagrar campeão do Open da Austrália, Federer impôs-se na final do 'major' londrino ao sexto tenista mundial, que se debateu com problemas físicos, por 6-3, 6-1 e 6-4, em uma hora e 43 minutos.

Aos 35 anos, o suíço, que não cedeu qualquer 'set' no seu percurso no All England Club, amplia ainda mais a sua lenda, isolando-se como o tenista mais vitorioso da história de Wimbledon e reforçando o estatuto de recordista de torneios de 'Grand Slam' (19).

Sérgio Conceição dá lustro à prata da casa

Reforços não fazem parte da estratégia do treinador do FC Porto para a próxima época. Há que utilizar o plantel disponível e não deixar sair os jogadores principais. No domingo, foi anunciada a primeira contratação dos dragões este verão. Vaná, ex-guarda-redes do Feirense, assinou pelo clube.

"Se acharmos que é preciso, nos próximos tempos, ir ao mercado estou em perfeita sintonia com a direção em relação ao que devemos fazer. Neste momento, temos 28 jogadores com grande ambição e vontade de conseguir os objetivos para esta época. Estou muito satisfeito com o plantel que tenho à disposição. As grandes contratações são a base que tenho do ano passado", disse Sérgio Conceição numa conferência de imprensa no México.

Pinto da Costa e FC Porto ilibados pelo Conselho de Justiça no caso "Apito Final": zero sanções, zero multas, zero pontos subtraídos

Caso remonta ao castigo aplicado pelo Conselho de Disciplina da Liga em 2007. Pinto da Costa, o FC Porto e o árbitro Augusto Duarte recorreram da decisão e o CJ da FPF deu-lhes razão, dez anos depois

Mais AQUI na Tribuna.

Benfica pondera recorrer do acordão do processo Apito Final

O Benfica ficou “perplexo” com a decisão tomada pelo Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol no processo Apito Final. De acordo com a “Bola”, o Benfica está a ponderar recorrer do acórdão.

“O Benfica manifesta a sua indignação e perplexidade por uma decisão tardia e incompreensível, que procura limpar algo que toda a gente sabe que aconteceu e, pior, suscita as mais variadas questões”, disse fonte dos encarnados ao desportivo.

“O Benfica não conhece o acórdão. Quando tiver acesso ao mesmo tomará uma posição final sobre o assunto”, garantiu.

Manchetes do dia

A Bola: “Defesa motiva ataque ao mercado”. Goleada frente ao Young Boys gera reação

Record: “Prioritários”. Vitória dá disse a Vieira que precisa de um lateral-direito e um guarda-redes

A Bola: “Reforços? Espero que não saia ninguém”. Palavras de Sérgio Conceição



Partilhar