Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Vitória confiante, Martins a sonhar, Varela à baliza e uma muralha com problemas na defesa. Hoje é dia de Supertaça

Benfica e Vitória de Guimarães encontram-se este sábado, às 20h45, em Aveiro, para o primeiro jogo oficial da temporada 2017/2018. Encarnados procuram o sétimo troféu. Guimarães o segundo. Em dois meses, muito mudou dos dois lados.

Miguel A.Lopes

Partilhar

Agora é a doer. A Supertaça Cândido Oliveira volta a marcar a rentrée do futebol nacional, esta noite, no Estádio Municipal de Aveiro (20h45, RTP1), com Benfica e Vitória de Guimarães à procura de entrarem da melhor forma na época 2017/2018.

Os tetra-campeões nacionais buscam a sétima Supertaça, ao passo que o Vitória persegue a segunda. A única conquistada pelos vimaranenses leva quase 30 anos. Rui Vitória pode tornar-se no primeiro treinador dos encarnados a conquistar duas Supertaças pelo Benfica.

Varela na baliza, confiança na defesa

Entre os encarnados, destaque para a titularidade de Bruno Varela, na baliza, decorrente de problemas físicos de Júlio César. É o primeiro grande teste do jovem de 22 anos, com o anterior treinador, José Couceiro, a assegurar nas páginas de "O Jogo" que o guardião “tem todas as condições e potencial para ser um guarda-redes de uma equipa de topo”.

Rui Vitória, por sua parte, mostra-se tranquilo e na antevisão da partida desvalorizou quer os resultados da pré-época - quatro derrotas em seis jogos - quer as principais saídas do plantel, todas na defesa (Ederson, Lindelof e Nélson Semedo).

“Há um ano estávamos a falar das mesmas questões, há dois anos também e a verdade é que chegamos à conclusão que temos dado sempre resposta aos desafios”, declarou o técnico na conferência de antevisão.

Além de Júlio César, Vitória não vai poder contar, por lesão, com Mitroglou, André Horta, Carrillo e Zivkovic. Samaris não pode jogar por castigo relativo à época transata.

Muralha do Vitória com problemas

Em Guimarães, os resultados da pré-época do Benfica não relaxam Pedro Martins. ”Vamos encontrar uma grande equipa, campeã nacional, mas nada nos impede de sonhar. As finais existem para as vencermos”.

Se ganhar é um sonho, a defesa do Vitória pode bem constituir o pesadelo de Pedro Martins para o jogo desta noite. Pedro Henrique e Konan são baixas certas e João Aurélio é um enorme ponto de interrogação, isto num plantel que também ainda não colmatou as saídas de Marega e Hernani.

Encontro marcado para este sábado à noite, com Artur Soares Dias a apitar e com o vídeoárbitro em ação, o que marcará também a nova época do futebol nacional, uma vez que a tecnologia estará presente em todos os jogos da Superliga.