Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

O verão de todos os recordes. Venda de jogadores da I Liga já ultrapassou os 220 milhões de euros

O Sporting é o único dos três grande a ter gasto mais do que angariou com a venda de jogadores este verão

Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP/GETTY

Partilhar

A dívida de muitos dos clubes portugueses é grande e todos têm urgência em lidar com ela. A estratégia encontrada: vender jogadores, recuperar milhões de euros.

De acordo com as contas do “Jornal de Negócios”, tendo por base os valores registados no portal “Transfermarket”, o saldo de transferências da Liga portuguesa deste verão vai nos 190 milhões de euros - 226 milhões em vendas e 36 milhões investidos em reforços.

Este valor, que é já é recorde, poderá vir a aumentar, tendo em conta que ainda falta quase um mês para o fim da janela de transferências. Por comparação, em 2016 o saldo positivo ficou-se pelos 125 milhões de euros.

O Benfica é o clube que mais contribuiu para os recordes das transferências - quase 110 milhões de euros em vendas de jogadores. Por sua vez, o FC Porto ganhou mais de 61 milhões de euros.

Já o Sporting é o único dos três grande a ter gasto mais do que angariou com a venda de jogadores: os leões registam, neste momento, o saldo negativo de 3,5 milhões de euros.