Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Desportivismo de alta tensão: Coreia do Sul pondera passagem da tocha olímpica... pela Coreia do Norte

A ideia é que a chama olímpica cruze a fronteira entre as duas Coreias, a mais militarizada do mundo, por terra e por mar

Lusa

JEWEL SAMAD

Partilhar

O Comité Olímpico Internacional (COI) e a organização sul-coreana dos Jogos de Inverno de Pyeongchang2018 ponderam a passagem da tocha olímpica pela Coreia do Norte.

“Têm havido conversações e várias reuniões com o COI para a passagem da tocha olímpica pelo Monte Kumgnang ou Pyongyang”, disse fonte ligada ao processo, citada pelo jornal Korea Herald.

Segundo a mesma fonte, a ideia é que a chama olímpica cruze a fronteira entre as duas Coreias, a mais militarizada do mundo, por terra e por mar.

A Coreia do Sul já tinha proposto à Coreia do Norte uma cooperação com os Jogos PyeongChang2018, com a realização de algumas provas no território Norte e uma seleção feminina mista de hóquei no gelo, propostas que ainda não tiveram resposta do governo de Pyongyang.