Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Hrádecký no Benfica, o fenómeno Katie Ledecky, Nélson Évora salta para as medalhas e Bas Dost diz este vai ser o ano do Sporting festejar

Bas Dost, o melhor marcador da última época, elogia a qualidade do Benfica e do FC Porto. Mas diz que chegou o momento do Sporting ganhar

Expresso

JOSE MANUEL RIBEIRO

Partilhar

Bom dia,

estes são os principais destaques da imprensa desportiva esta terça-feira:

Contador anuncia fim de carreira (o Pistoleiro venceu duas vezes o Tour, duas vezes o Giro e três vezes a Vuelta)

O espanhol Alberto Contador anunciou que a próxima Volta a Espanha será a sua última prova.

Mais AQUI na Tribuna.

Ninguém dava nada por Katie até ela tornar simples as coisas impossíveis

Foi cinco vezes campeã olímpica, 13 vezes campeã do mundo e bateu 13 recordes mundiais. Uns dizem que é a grande promessa da natação feminina e outros, mais ousados, arriscam dizer que é a melhor nadadora do mundo neste momento. Ela, por outro lado, poucas vezes parece ciente do que está a acontecer, como se tudo lhe fosse estranho. Tudo menos o mundo da piscina. O que se segue é uma tentativa de a compreender um pouco melhor.

Mais AQUI na Tribuna.

Volta a Portugal: A “tropa” segue animada. Mais uma para a Armée de Terre

Equipa patrocinada pelo Exército francês venceu a sua segunda etapa na Volta, esta segunda-feira, em Bragança. Amarela segue no corpo de Raul Alarcon. Terça-feira é dia de chegada à Senhora da Graça.

Mais AQUI na Tribuna.

Nélson Évora na final do triplo salto

Português chega à final com a sexta melhor marca das eliminatórias. David Lima foi repescado para as meias-finais dos 200 metros. Dia mais animado para os portugueses em Londres. E ainda falta a final do triplo salto feminino.

Mais AQUI na Tribuna.

Hrádecký no Benfica

O guarda-redes do Eintracht Frankfurt, Lukas Hrádecký, deverá rumar ao Benfica. Segundo o “Record” esta terça-feira, o pai do guarda-redes está em Lisboa e já reuniu com Luís Filipe Vieira.

Fonte próxima dos encarnados disse ao desportivo que o clube alemão deverá exigir oito milhões de euros por Hrádecký.

Bas Dost quer festejar no Marquês

“[O FC Porto e o Benfica] são dois grandes clubes, mas é normal quando um jogador está no Sporting que não goste deles. É normal. O mesmo acontece com os jogadores dessas equipas em relação ao Sporting. Tenho respeito por esses dois clubes. O Benfica fez uma grande época o ano passado, mas chegou a altura de deixá-los de fora, este ano queremos ser nós a festejar. É a hora de sermos nós a festejar”, disse Bas Dost, em entrevista à “Bola” esta terça-feira.

Manchetes do dia

A Bola: “É hora de sermos nós a festejar”. Palavras de Bas Dost

Record: “Acordo com Hrádecky”. Pai do guarda-redes esteve em Lisboa a negociar com Vieira

O Jogo: “FC Porto está letal no ataque”. A visão de André Silva