Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Bruno de Carvalho exigiu tanto por William que a venda não aconteceu

Tanto o Mónaco como o West Ham tentaram contratar o médio português no último dia do mercado de transferências

Expresso

William Carvalho foi formado no Sporting

Carlos Rodrigues/Getty

Partilhar

William Carvalho queria sair e competir noutra liga do campeonato europeu, mas o Sporting - em particular, Bruno de Carvalho - foi intransigente nas negociações. Tanto o Mónaco como o West Ham tentaram contratar o médio português no último dia do mercado de transferências, mas bateram num muro.

Segundo o “Record”, o Mónaco de Leonardo Jardim ofereceu 41 milhões de euros - 36 milhões a pronto e mais cinco por objetivos -... mas Bruno de Carvalho recusou.

Para William Carvalho sair do Sporting, o presidente dos leões começou por exigir 30 milhões, no início do verão, mas depois o preço escalou até aos 45 milhões de euros. E nenhum clube ousou chegar a essa fasquia.

Depois de ter feito várias propostas no último mês, o West Ham tentou uma última cartada: a possibilidade de empréstimo no valor de 2 milhões de euros, com uma opção de compra no valor de 35 milhões de euros a acionar em janeiro. Mas isto também não foi o suficiente para convencer Bruno de Carvalho.

De acordo com a “Bola”, o médio - que até marcou um golo pela seleção na noite passada - estará desiludido com este desenlace no mercado de transferências.

Desde a vitória no Euro2016, William tem dado sinais de querer sair do Sporting. Agora fica em Alvalade, pelo menos até janeiro.

Partilhar