Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Casillas ficou para ganhar: “Depois de duas épocas no FC Porto e não conseguir nenhum título, sair teria um gosto amargo”

Segundo o guarda-redes, o FC Porto não ganhou o campeonato no ano passado devido à falta de experiência de grande parte do plantel

Expresso

getty

Partilhar

À terceira, talvez, será de vez. Esta é a terceira temporada que Iker Casillas está à frente das redes do FC Porto, mas ainda não conquistou nenhum título pelos azuis e brancos. Durante o verão, falou-se da possibilidade do guardião espanhol sair… mas ele escolheu ficar. Para quê? Ganhar, está claro.

Em entrevista ao desportivo brasileiro “Esporte Interativo”, Casillas explicou os motivos que o levaram a ficar no ‘Dragão’. “Depois de estar aqui durante duas temporadas e não conseguir nenhum título, sair assim teria um gosto um amargo ao nível pessoal, e a nível do clube também. A minha intenção e o meu objetivo era conseguir títulos e ajudar o FC Porto a continuar a ser um clube importante e de nível em Portugal e respeitado na Europa”, disse.

Casillas ficou no FC Porto “por vários motivos”. “As coisas correram-me bem nos dois anos anteriores, apostaram em mim, ajudaram-me a estar em cima. Desde que cheguei que estou satisfeito”, assumiu Iker Casillas.

Segundo o guarda-redes, o FC Porto não ganhou o campeonato no ano passado devido à falta de experiência de muitos reforços, o que impediu que o rendimento da equipa se mantivesse nos momentos chave do campeonato.

“Mudou o treinador e começámos bem. Acho que tivemos uma boa prestação na Liga, competindo com o Benfica quase até ao fim, com possibilidades de chegar ao primeiro lugar, mas não conseguimos. Deixámos escapar a oportunidade e no final, numa equipa como a nossa, jovem e praticamente nova, os erros pagam-se. O Benfica era uma equipa consolidada”, disse.