Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Falcao declara-se culpado de fraude fiscal e iliba Jorge Mendes

Falcao deu conta de um princípio de acordo com a Agência Tributária espanhola à justiça: irá pagar uma multa de 6,92 milhões de euros

Expresso

Jorge Mendes e Radamel Falcao

VALERY HACHE/GETTY

Partilhar

Radamel Falcao, avançado do Mónaco, declarou-se culpado no caso de fraude fiscal de que é acusado pela justiça espanhola, avança o “El Mundo” esta sexta-feira. Em troca, pediu que todos os seus assessores, “especialmente o seu agente, Jorge Mendes”, fossem ilibados de qualquer culpa na construção do alegado esquema para escapar aos impostos.

Lembremos que depois das primeiras sessões de inquérito pelo fisco espanhol, Falcao tinha dado a entender que fuga aos impostos e criação de contas em offshores tinha sido orquestrada por Jorge Mendes. Porém, agora, através de uma carta redigida e enviada ao Tribunal de Instrução número 1 de Pozuelo de Alarcón, Falcao decidiu reformular o seu testemunho, de forma a fechar este processo o quanto antes.

Falcao deu conta de um princípio de acordo com a Agência Tributária espanhola: irá pagar uma multa de 6,92 milhões de euros. Por sua vez, a Agência Tributária Espanhola terá de lhe devolver 1,3 milhões de euros, visto queo jogador já tinha avançado com um montante no início da investigação.

De acordo com o matutino espanhol, Falcao terá explicado na missiva que, tendo em conta que a sua mulher acabou de dar à luz e está implicada no processo, decidiu resolver o caso da forma mais célere possível, de forma a dar-lhe a tranquilidade necessária.