Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Rony Lopes: “O Nantes fez uma recuperação espetacular no ano passado e foi um choque quando o Sérgio Conceição saiu”

Rony Lopes (e todos os franceses) ficaram chocados com a saída precoce de Sérgio Conceição do Nantes, disse o jogador, em entrevista à "Bola"

Expresso

JOSE COELHO

Partilhar

Na época passada, havia dois treinadores portugueses a dar cartas na Liga francesa de futebol: Sérgio Conceição e Leonardo Jardim. Esta época, já só há um. Em entrevista à “Bola” esta sexta-feira, Rony Lopes, jogador do Monaco, confessou ter ficado “chocado” (tal como todos os franceses) com o saída do treinador portista do Nantes.

“O Nantes fez uma recuperação espetacular no ano passado e foi um choque quando o Sérgio Conceição saiu. Fez um ótimo trabalho e deixou boa marca em França”, disse.

Ainda assim, o seu maior elogio em declarações ao desportivo foi para o próprio treinador: Leonardo Jardim. “Fez história no Monaco em termos de resultados e de qualidade de futebol. É uma figura muito importante da Ligue 1 e conquistou o respeito dos franceses”, afirmou.

Rony Lopes confessou ter altas expectativas para esta época no Mónaco e lembrou, ainda na mesma entrevista, as dificuldades que passou quando veio para Portugal. “Nada na minha vida foi fácil. Falo dos períodos em que estive sem jogar devido às lesões musculares, falo de quando deixei o Brasil e vim para Portugal, falo das condições da minha família que nunca me deixou faltar nada mas que não tinha muito, falo de quando o meu pai teve de mudar de trabalho e a minha mãe teve de deixar de trabalhar para levar-me a treinos. Falo de quando fui para Inglaterra e me lesionei. Sempre tive de lutar. Eu e os meus pais”, disse.

Por isso mesmo, Rony Lopes acredita estar agora a viver um sonho. “Se me dissessem há uns anos que a minha vida seria esta não acreditaria. Quero afirmar-me na equipa, ser útil ao grupo e cimentar a minha carreira”, apontou.