Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Manchester United proibiu Pogba de jogar... basquetebol

No entender do médicos do “United”, os hábitos desportivos do avançado francês contribuíram em muito para a gravidade da lesão contraída no jogo da Champions

Expresso

OLI SCARFF/Getty

Partilhar

Paul Pogba viajou para os Estados Unidos esta semana, para receber tratamento e recuperar da lesão contraída na coxa direita durante o encontro frente ao Basileia para a Liga dos Campeões, sob aviso do Manchester United: está proibido de jogar basquetebol, conta o “The Sun” esta quarta-feira.

O internacional gaulês é um fã assumido da modalidade e nas últimas férias que passou em Miami, este verão, chegou mesmo a jogar com Joel Embiid dos Philadelphia 76ers, lembra a publicação britânica.

Antes de Pogba rumar aos EUA, o departamento clínico do Manchester United impôs a condição que o jogador não entrasse em campo para fazer cestos e o jogador assentiu. A intenção é simples: evitar uma recaída na recuperação da lesão ou contrair novos estiramentos musculares.

No entender do médicos do “United”, os hábitos desportivos do avançado francês contribuíram em muito para a gravidade da lesão contraída no jogo da Champions. Para além disso, existe outra preocupação interna no clube: o jogador tem um preparador físico pessoal que não está ligado ao Manchester e o regime por ele prescrito pode estar a afetar o seu rendimento.

Tendo em conta que Pogba só deve voltar a estar apto a jogar em dezembro, o risco de ficar mais tempo sem o jogador não é uma possibilidade para a equipa orientada por José Mourinho.